Bastonária dos Enfermeiros diz que Madeira devia ser exemplo para o continente

1 min de leitura

Inácio Rosa / Lusa

Ana Rita Cavaco, Bastonária da Ordem dos Enfermeiros

Para a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, a situação no arquipélago é “muito melhor” do que no continente.

A Ordem dos Enfermeiros não recebeu qualquer denúncia de profissionais da Madeira desde o início da pandemia de covid-19, revelou a bastonária, Ana Rita Cavaco, sublinhando que a situação no arquipélago é “muito melhor” do que no continente.

“Confesso que, neste ano e pouco de pandemia, ao contrário do que costumava acontecer, não recebi na sede nacional uma única exposição, no sentido de denúncia, de nenhum enfermeiro aqui da Madeira”, disse, após uma reunião com o chefe do executivo regional, Miguel Albuquerque, no Funchal.

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros afirmou não ter apresentado qualquer reivindicação ao presidente do Governo e destacou a eficácia do processo de vacinação em curso na região, que motivou a contratação de mais 77 profissionais, bem como o sistema de rastreio de Covid-19 implementado no Aeroporto da Madeira.

“Aqui, neste momento, não há desemprego em enfermagem“, disse Ana Rita Cavaco, sublinhando que o executivo regional, de coligação PSD/CDS-PP, estabeleceu contratos a termo incerto com os novos enfermeiros, ao contrário do que ocorre ao nível nacional, em que a contratação é feita por quatro meses.

“Contratar um enfermeiro por quatro meses, sistematicamente, à espera que a pandemia passe, parece que é descartável”, alertou, reforçando: “Isso correu muito mal no continente, porque têm sido sucessivos quatro meses e ninguém sabe quando é que esta pandemia acaba”.

Ana Rita Cavaco destacou, também, a equiparação de carreiras entre os enfermeiros dos lares de terceira idade e os do sistema de saúde na região autónoma. “Saímos daqui muito felizes. Tomara nós que, no continente, isso acontecesse também”, afirmou.

De acordo com os dados mais recentes da Direção Regional de Saúde, o arquipélago da Madeira, com cerca de 260 mil habitantes, regista 342 casos ativos de infeção por SARS-CoV-2, num total 8.486 confirmados desde o início da pandemia, e 71 óbitos associados à doença.

Fonte: ZAP

Assina as nossas notificações e fica actualizado

Segue-nos:

Este artigo foi útil? 

	

 

Looks like you have blocked notifications!
Queres receber as nossas notificações?
Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades e analisar o nosso tráfego. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. Aceitar Ler mais

error: Alert: Content is protected !!
Partilha isto com um amigo