Governo decreta situação de calamidade a partir de amanhã

+2
0 min de leitura

“O estado de emergência será substituído pelo estado de calamidade, que vigorará a partir das 00:00 do próximo dia 1.º de maio”, disse o primeiro-ministro no final da reunião do Conselho de Ministros sobre a última fase de desconfinamento.

António Costa considerou que a decisão do Presidente da República em não renovar o estado de emergência esteve de acordo com “a posição do Governo e da generalidade dos partidos políticos”.

“Não significa isto [fim do estado de emergência] que o país possa considerar a situação ultrapassada”, precisou o chefe do Governo para justificar a situação de calamidade.

António Costa disse ainda que se vai manter o dever cívico de confinamento e a população deve “evitar os contactos que não são necessários” para não se correr o risco da situação voltar a agravar-se.

A situação de calamidade é o nível de resposta a situações de catástrofe mais alto previsto na Lei de Base da Proteção Civil, depois da situação de alerta e de contingência.

O atual período de estado de emergência – o 15.º decretado pelo Presidente da República no atual contexto de pandemia de Covid-19 – teve início em 16 de abril e termina às 23:59 de hoje.

Em Portugal, morreram 16.974 pessoas dos 836.033 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

LUSA/HN

Outros artigos com interesse:


Source link

Assina as nossas notificações e fica actualizado

Segue-nos:

Este artigo foi útil? 

	
+2

 

Looks like you have blocked notifications!
91,484Fans
627Seguidores
276seguidores
 seguidores
 Seguidores
89Subscritores
3,419Membros
16,724Assinantes
 Segue o nosso canal
Faz um DonativoFaz um donativo
Queres receber as nossas notificações?
Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades e analisar o nosso tráfego. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. Aceitar Ler mais

Segue-nos
Segue a Tua Comunidade PortalEnf e recebe as Novidades!
Assina a nossa newsletter
Segue-nos
Segue a Tua Comunidade PortalEnf e recebe as Novidades!
ASsina a nossa newsletter
Partilha isto com um amigo