Índia alarga vacinação a maiores de 18 anos a partir de 01 de maio

1 min de leitura

“Durante uma reunião presidida pelo primeiro-ministro Narendra Modi, foi tomada a importante decisão de permitir que todas as pessoas com mais de 18 anos sejam vacinadas a partir de 01 de maio”, disse o Ministério da Saúde na segunda-feira.

Com uma população de mais de 1,35 mil milhões de pessoas, e perante uma nova vaga de covid-19, a Índia deixou de autorizar a exportação de vacinas, incluindo do Serum Institute (SII), maior fabricante mundial de imunizantes.

Até sábado, apenas 117 milhões de doses de vacinas contra a covid-19 haviam sido administradas.

As autoridades anunciaram também que o processo de Aprovação de vacinas fabricadas fora da Índia será acelerado, e autorizaram na semana passada, em situação de emergência, o uso da vacina russa Sputnik V.

Antes, já haviam dado “luz verde” à vacina Covishield da Oxford-AstraZeneca e à Covaxin da empresa local Bharat Biotech.

A Índia ultrapassou 15 milhões de infeções pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, após registar um novo máximo diário de infeções e mortes.

O país asiático está a viver uma segunda onda da pandemia e hoje registou um recorde de 273.810 casos do SARS-CoV-2 em 24 horas, de acordo com os dados mais recentes do Ministério da Saúde indiano.

O número de mortes causadas pela covid-19 agora é de 178.769, após registar um recorde de 1.619 novas mortes em um único dia.

Desde segunda-feira à noite, Nova Deli está em confinamento total por uma semana, para evitar um colapso do setor de saúde na capital, onde os hospitais estão sobrelotados e há falta oxigénio medicinal.

Segundo o ministro-chefe de Nova Déli, Arvind Kejriwal, numa mensagem transmitida pela televisão, os hospitais da cidade, com cerca de 20 milhões de habitantes, estão “no limite”, e “medidas drásticas” são necessárias para evitar “um colapso do sistema de saúde”.

A cidade, como o resto da Índia, registou um número recorde de infeções do novo coronavírus nos últimos dias, o que disparou o alarme entre as autoridades e levou o governo local a impor um confinamento no último fim de semana e encerrar restaurantes e centros comerciais.

Kejriwal lembrou que Nova Deli registou cerca de 23.500 casos nas últimas 24 horas, embora nos últimos dias as infeções tenham rondado 25.000.

Segundo uma página oficial na Internet que informa sobre a disponibilidade de camas nos cuidados intensivos, reservadas para casos mais graves que necessitam de assistência respiratória, só estão livres 113 das 4.220 camas da cidade, ainda que o governo planeie abrir novas vagas nos próximos dias.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.020.765 mortos no mundo, resultantes de mais de 141,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 16.946 pessoas dos 831.221 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LUSA/NR/HN

Outros artigos com interesse:

Source link

Assina as nossas notificações e fica actualizado

Segue-nos:

Este artigo foi útil? 

	

 

Looks like you have blocked notifications!
91,484Fans
627Seguidores
276seguidores
 seguidores
 Seguidores
89Subscritores
3,419Membros
16,724Assinantes
 Segue o nosso canal
Faz um DonativoFaz um donativo
Queres receber as nossas notificações?
Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades e analisar o nosso tráfego. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. Aceitar Ler mais

Segue-nos
Segue a Tua Comunidade PortalEnf e recebe as Novidades!
Assina a nossa newsletter
Segue-nos
Segue a Tua Comunidade PortalEnf e recebe as Novidades!
ASsina a nossa newsletter
Partilha isto com um amigo