Atualidade

Sociedade Portuguesa de Oftalmologia alerta para causas da cegueira evitável

Pub

Esta campanha de sensibilização, materializada num vídeo, tem como principal objetivo informar os portugueses para as causas de cegueira evitável, incentivando a prevenção e alertando para um dos problemas visuais mais graves, a DMI – Degenerescência Macular Relacionada com a Idade.

“Cerca de 65 por cento das pessoas com deficiência visual têm 50 anos ou mais e em Portugal temos vindo a assistir a um aumento de casos de baixa visão por degenerescência macular da idade. A DMI é a principal causa de perda de visão acima dos 65 anos. Distorção das imagens, aparecimento de manchas – começa desta forma, que muitas pessoas acham normal devido à idade – mas pode levar à cegueira. A melhor forma de travar a doença é um diagnóstico precoce, por isso é tão importante fazer visitas regulares ao seu Médico Oftalmologista”, explica o Prof. Rufino Silva, presidente da SPO e médico oftalmologista em Coimbra, citado no comunicado de imprensa.

O médico destaca também que “as pessoas devem preocupar-se com um estilo de vida saudável e apostar mais na prevenção – é por isso fundamental divulgar esta informação: a grande maioria das deficiências visuais podem ser evitadas e/ou tratadas”.

As principais causas de cegueira e de perda de visão irreversível, na população portuguesa, são a degenerescência macular da idade, a retinopatia diabética e o glaucoma. A prevenção, o diagnóstico precoce e o tratamento atempado são fundamentais, tornando-se assim possível evitar essa perda de visão, que é muitas vezes irreversível.

“Pelos 40-50 anos, quando surge a presbiopia, deve consultar-se um médico oftalmologista e iniciar o despiste de glaucoma, entre outras patologias. Não é adequado comprar óculos de leitura e não fazer uma observação pelo médico da especialidade. Em idades mais avançadas é obrigatória a observação a cada 1 a 2 anos, para despiste de catarata, glaucoma e degenerescência macular da idade. O envelhecimento da população significa que o risco de desenvolver deficiência visual relacionada com a idade é cada vez maior por isso, nunca é demais fomentar a prevenção e a consulta regular junto de um Médico Oftalmologista”, adverte Lilianne Duarte, médica oftalmologista e investigadora clínica, também citada no comunicado.

A cada cinco segundos um adulto fica cego no mundo, enquanto a cada minuto o mesmo acontece com uma criança. Por isso, os cuidados com a visão devem manter-se ao longo da vida. O Dia Mundial da Visão lembra que as principais causas de cegueira no mundo podem ser prevenidas e/ou tratadas se as populações tiverem acesso a cuidados de saúde adequados.

Para além das enumeradas, são também causas de perda de visão: a miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia – situações que podem ser corrigidas com óculos, lentes de contacto, cirurgia laser ou implante de lentes. Já a catarata pode ser corrigida com elevado sucesso com cirurgia, evitando a progressão até à cegueira.

Nesta altura do ano, com as primeiras semanas de escola, é igualmente importante estar atento às crianças, lê-se no comunicado.

O Rastreio Nacional de Saúde Visual prevê rastreios simples aos dois e aos quatro anos, mas caso estes não tenham ocorrido, devem ser reagendados ou, em alternativa, deve ser realizada uma consulta com um médico oftalmologista. As crianças que não fizeram rastreios nem consultas antes dos seis anos devem realizar uma observação por oftalmologia nesta fase do início das aulas.

O rastreio da retinopatia diabética está implementado a nível nacional e é fundamental para reduzir a perda de visão e a cegueira associadas a esta patologia. Quando não há tratamento atempado, a retinopatia diabética pode terminar em cegueira irreversível.

Este ano, a SPO decidiu lançar uma iniciativa aberta a todos os que gostam de fotografia, como forma de chamar a atenção para o lema da campanha mundial: #loveyoureyes – ama os teus olhos.

Assim, serão pedidas fotografias que retratem olhos de pessoas. Os vencedores terão um prémio na área da fotografia.

Saiba mais sobre esta iniciativa no site da SPO (spoftalmologia.pt) ou da Roche Portugal (www.corporate.roche.pt).

PR/HN/Rita Antunes

Outros artigos com interesse:

Source link

0/5 (0 Reviews)
Looks like you have blocked notifications!
Este artigo é Útil?

Comenta no Facebook

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
error: Alert: Content is protected !!
X
X
X
Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Partilha isto com um amigo