Notícias

“Liderança do processo de vacinação está órfã”. Risco de infeções graves de covid-19 aumenta

José Coelho / Lusa

A administração da dose de reforço da vacina contra a covid-19 não está a acontecer ao ritmo previsto e há o risco de infeções graves aumentarem.

Se o ritmo da primeira ronda de vacinação em Portugal foi um sucesso, a administração das doses de reforço não está a acontecer com a mesma celeridade. Já foram administradas 16.211.690 doses da vacina e Portugal é o segundo país com mais vacinados por 100 habitantes, apenas superado pelos Emirados Árabes Unidos.

Agora, a lentidão do ritmo de vacinação da dose de reforço contra a covid-19 não vai permitir atingir o objetivo de ter todas as pessoas com mais de 65 anos vacinadas até 19 de dezembro, escreve o Correio da Manhã.

Desde 11 de outubro até sexta-feira, foram vacinadas 315 mil pessoas com a 3.ª dose, uma média de 12.115 inoculações por dia. A manter este ritmo, a 19 de dezembro estarão vacinadas 848.050 pessoas com 65 ou mais anos — cerca de um terço do número de pessoas nesta faixa etária.

“É um ritmo muito baixo, um problema grave, que começou a ocorrer depois da saída do coordenador da task force. Neste momento, a liderança do processo de vacinação está órfã”, considera Miguel Guimarães, bastonário da Ordem dos Médicos.

“É preciso acelerar, dar a 3ª dose rapidamente a todas as pessoas com mais de 65 anos e aos profissionais de saúde. Se os médicos ou enfermeiros adoecerem, vai ser um problema nos hospitais. Já começa a haver mais internados em Cuidados Intensivos e as infeções estão a aumentar. Como o vírus da gripe deverá vir em força, e com a vacinação da gripe também atrasada, vamos ter casos mais graves de doenças respiratórias e de outras doenças crónicas”, acrescenta, citado pelo CM.

Paralelamente, decorre a vacinação contra a gripe, tendo já sido administradas 740 mil vacinas. O médico Rui Nogueira sublinha a necessidade da população com idades entre os 60 e os 64 anos se proteger contra a gripe. Como tal, devem pedir a receita ao seu médico de família para que possam ir à farmácia para se vacinarem.

Rui Nogueira salienta que, para limitar a epidemia de gripe ou um agravamento dos casos de covid-19, terá der ser acelerado o processo da vacinação dupla.

  Daniel Costa, ZAP //

Fonte: ZAP

0 0 votes
Article Rating
Looks like you have blocked notifications!
Este artigo é Útil?

Comenta no Facebook

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Artigos Relacionados

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao Topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
error: Alert: Content is protected !!
Partilha isto com um amigo