Atualidade

Moradores em vigília para exigir mais médicos para a Extensão de Saúde de Cela

A falta de médicos na Extensão de Saúde da Cela, no concelho de Alcobaça, distrito de Leiria, “é uma situação recorrente desde o início de junho”, altura em que, segundo o porta-voz dos moradores, Rogério Raimundo, “o médico que ali dava consultas se reformou”.

Entre junho e setembro “a população ficou sem médico”, até que nesse mês “foi colocada uma médica contratada, mas apenas alguns dias por semana”, disse o morador à agência Lusa.

Desde o final de outubro a clínica foi substituída por um outro médico, “que dá consultas às terças e quintas-feiras, mas apenas meio dia”, o que, segundo Rogério Raimundo, “deixa muitos utentes sem acesso a cuidados básicos, como as consultas de diabetes ou tensão arterial, bem como a prescrição de exames de diagnóstico ou receituário”.

A população, que já tinha entregado na Câmara de Alcobaça um abaixo-assinado a reclamar a resolução do problema, agendou para as 21:00 de terça-feira uma vigília em frente à extensão de Saúde, para exigir que ali sejam colocados dois médicos a tempo inteiro.

Questionada pela Lusa, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) esclareceu que para a Unidade de Cuidados Saúde Personalizados (UCSP) Litoral, da qual a Extensão Saúde de Cela faz parte, “foram pedidas três vagas para o concurso da 2.ª época 2021, de Medicina Geral e Familiar (MGF), com vista a colmatar as carências sentidas nesta unidade, onde a vaga de Cela se inclui”.

A ARSLVT prevê que o concurso esteja concluído até ao final do ano, mas não especificou quantos médicos serão colocados na Extensão de Saúde de Cela, onde confirma prestarem atualmente serviços apenas “um médico” com o horário de “uma manhã e uma tarde” e um enfermeiro.

“Pese embora os constrangimentos verificados, importa referir que a prestação de cuidados de saúde aos utentes sem médico tem sido assegurada com os recursos disponíveis na UCSP Litoral, incluindo a vigilância dos grupos de risco, nomeadamente a saúde infantil, saúde materna, planeamento familiar e diabetes”, refere a ARSLVT numa resposta enviada à Lusa.

A Extensão de Saúde de Cela tem um total de 3.126 utentes inscritos, dos quais 605 têm médico de família atribuído.

A extensão está integrada no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Oeste Norte, ao qual cabe garantir a prestação de cuidados de saúde primários à população dos concelhos de Alcobaça, Bombarral, Caldas da Rainha, Nazaré, Óbidos e Peniche, num total de cerca de 200.000 utentes.

LUSA/HN

Outros artigos com interesse:

Source link

0 0 votes
Article Rating
Looks like you have blocked notifications!
Este artigo é Útil?

Comenta no Facebook

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Artigos Relacionados

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao Topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
error: Alert: Content is protected !!
Partilha isto com um amigo
pasaran togel