Atualidade

Ordem dos Médicos assinala 83.º aniversário com reativação do Prémio Miller Guerra

“São 83 anos de história na representação dos médicos e na defesa dos doentes e da qualidade da Medicina. Uma história que tem construído um caminho com alguns denominadores comuns: ética, dignidade, humanismo, solidariedade e qualidade”, lê-se na nota de imprensa da OM.

“Hoje é um dia especial que vale a pena assinalar honrando todos os médicos portugueses pelo trabalho que, todos os dias, colocam em prática para salvar vidas”, destaca o bastonário da Ordem dos Médicos. “Em pandemia, e fora dela, os médicos portugueses têm sido decisivos para que Portugal consiga dar uma resposta adequada às necessidades de saúde dos cidadãos. É a qualidade, a formação e a resiliência dos nossos médicos que tem permitido que o país compita com o que de melhor se faz lá fora, mesmo tendo, muitas vezes, condições mais deficitárias no setor público, como aliás salienta o último Health at a Glance, que atesta que Portugal faz mais com menos meios”, acrescenta Miguel Guimarães, citado na nota.

Este dia fica ainda marcado pela reativação do Prémio Miller Guerra, um galardão de homenagem à memória do professor e médico que lhe concede o nome, responsável pelo Relatório das Carreiras Médicas e discípulo de Egas Moniz.

O Prémio, criado em 2012, não se realizava desde 2017. Agora, a Ordem dos Médicos toma a decisão de retomar esta iniciativa que privilegia a vertente humanista da Medicina, continuando a homenagear o Professor Miller Guerra.

“O Relatório das Carreiras Médicas de 1961 é um marco da Medicina Portuguesa e contribuiu para o progresso na formação técnico-científica dos médicos e na qualidade dos cuidados de saúde em Portugal”, lembra o bastonário.

“Numa altura em que as Carreiras Médicas estão a ser revistas pela nossa Ordem e precisam, mais do que nunca, de serem cumpridas na prática, este Prémio serve também de apoio a um tema que é estruturante para a Ordem dos Médicos e, sobretudo, para o futuro do sistema de saúde que, sem boas carreiras, sairá sempre mais fragilizado”, conclui Miguel Guimarães.

O Prémio Miller Guerra continua assim a destinar-se a galardoar um médico que se tenha distinguido por uma carreira dedicada ao serviço dos doentes e ao progresso da assistência médica em Portugal, privilegiando sobretudo a atitude humanista na prática clínica.

As carreiras médicas dos candidatos ao prémio de 7.500 euros deverão caracterizar-se “por uma dedicação inexcedível aos princípios do Juramento de Hipócrates e por uma capacidade de liderança pelo exemplo de humanismo, aliadas a sólidos conhecimentos técnicos e científicos”.

As propostas de candidatura podem ser apresentadas pelo Conselho Nacional da Ordem dos Médicos, mas também por instituições de saúde públicas ou privadas, grupos de profissionais de saúde e grupos de cidadãos. As candidaturas estão abertas até ao dia 24 de fevereiro de 2022, e o vencedor será anunciado no dia 11 de maio de 2022.

PR/HN/Rita Antunes

Outros artigos com interesse:

Source link

0 0 votes
Article Rating
Looks like you have blocked notifications!
Este artigo é Útil?

Comenta no Facebook

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Artigos Relacionados

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao Topo
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
error: Alert: Content is protected !!
Partilha isto com um amigo
pasaran togel