Atualidade

Ómicron: “Vírus continua a ser perigoso, sobretudo para quem não está vacinado”, alerta OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou que a nova variante Ómicron pode ter um impacto maior nos doentes não vacinados, em conferência de imprensa, esta quarta-feira. “Ao passo que a Ómicron causa doença mais ligeira quando comparada com a variante Delta, o vírus continua a ser perigoso, sobretudo para quem não está vacinado”, referiu o responsável máximo da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

“Não devemos permitir ao vírus que circule livremente ou que lhe acenemos com uma bandeira branca, especialmente quando tantas pessoas ainda não se encontram vacinadas”, frisou o líder da OMS, relembrando o caso de África, com 85% das pessoas ainda não receberam sequer a primeira dose de uma vacina. “Não é possível terminar com a fase crítica da pandemia a menos que termine esta desigualdade”, explicou Ghebreyesus.

Todos os países deviam ter 10% da população vacinada no final de setembro de 2021, com esse número a aumentar para os 40% no final de dezembro. Em meados de 2022, a percentagem devia rondar os 70%. No entanto, o cenário é diferente. O líder da OMS explica que, apesar dos esforços, “90 países ainda se encontram abaixo dos 40%, com 36 destes a estarem mesmo abaixo dos 10%”. Para Ghebreyesus, “a esmagadora maioria das pessoas” internadas nos hospitais a nível mundial não se encontram vacinadas, lembrando que, ainda que as vacinas previnam e sejam eficazes contra casos graves da Covid-19 e mortes, a inoculação não previne totalmente a transmissão do vírus.

“Mais transmissão significa mais hospitalizações, mais mortes, mais pessoas fora dos seus postos de trabalho – incluindo professores e profissionais de saúde – e significa que existe mais risco para o aparecimento de outra variante mais severa e transmissível do que a Ómicron”, referiu Ghebresysus, que acrescentou ainda que o número de mortes a nível mundial estabilizou em cerca de 50 mil por semana. “Aprender a viver com o vírus não significa que possamos, ou que devamos, aceitar este número de mortes”, concluiu.




Source link

Looks like you have blocked notifications!

Comenta no Facebook

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Alert: Content is protected !!
Partilha isto com um amigo
pasaran togel