You dont have javascript enabled! Please enable it!
Atualidade

Autoridades não abrandam vigilância por causa da guerra

Desde que a Rússia lançou na madrugada de quinta-feira passada uma ofensiva militar na Ucrânia, a pandemia de Covid-19 passou para segundo plano na imprensa.

Questionada pela Lusa se teme que as pessoas esqueçam que ainda estão em pandemia e deixem cair algumas medidas de proteção, a diretora-geral da Saúde afirmou que as pessoas estão a tomar as medidas necessárias neste momento.

“As pessoas têm um grande sentido de autopreservação própria e dos que lhes estão próximos e, portanto, a nossa responsabilidade é vigiar cada vez mais e de perto o vírus”, disse a diretora-geral da saúde, assegurando que não estão “a abrandar essa vigilância”, porque há uma guerra: “São duas coisas infelizmente negativas, mas completamente distintas para os serviços de saúde, para quem vigia o vírus, quer a nível clínico, epidemiológico ou laboratorial”.

A pandemia deixou de ter tanta visibilidade “porque há uma guerra” e todos estão “profundamente tristes porque aconteceu”, mas “o vírus ignora completamente que há uma guerra e vai fazer o seu percurso”, disse a responsável.

“A nossa responsabilidade é vigiar cada vez mais de perto o vírus e nós não estamos a abrandar essa vigilância porque temos uma guerra”, garantiu Graça Freitas em entrevista à agência Lusa, a propósito dos dois anos de pandemia em Portugal.

Aos serviços de saúde e à academia compete “vigiar de perto o vírus e estar sempre em acima do seu funcionamento” para poderem dar sinais de alerta”, insistiu Graça Freitas.

“E estou convicta de que se houver um sinal de que o vírus está a constituir uma nova ameaça porque tem uma nova variante, com novas características, que as pessoas nos ouviriam como ouviram no passado” e “responderão certamente a esse alerta”, declarou Graça Freitas, na entrevista que decorreu na Direção-Geral da Saúde, em Lisboa.

Desde que apareceram os dois primeiros casos de Covid-19 em Portugal, no dia 02 de março de 2020, a pandemia já matou 21.111 pessoas no país, que contabiliza 3.282.457 casos de infeção.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

LUSA/HN

Outros artigos com interesse:

Source link

Segue a PortaLEnf: Follow on FacebookTweet about this on TwitterFollow on LinkedIn
0 0 votes
Article Rating
Looks like you have blocked notifications!

Pub

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Artigos Relacionados

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao Topo
';
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Permainan judi slot online terbaik

error: Alert: Content is protected !!
Partilha isto com um amigo
pasaran togel