You dont have javascript enabled! Please enable it!
Atualidade

Câmara de Abrantes formaliza aceitação de competências na área da Saúde

Em comunicado, o município de Abrantes, no distrito de Santarém, refere que o Estado Central vai transferir um pacote financeiro anual de 723.821 euros, sendo que a autarquia passa a ter competências na gestão e manutenção das unidades de saúde e da frota automóvel, implicando ainda a integração de 20 assistentes operacionais nos quadros da Câmara.

No dia 23 de março foi assinado o auto de transferência de competências para a câmara municipal, entre o Ministério da Saúde, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo e a autarquia.

Relativamente a este protocolo, que define as verbas a transferir do Estado Central para o município suportar financeiramente esta competência, o presidente da Câmara de Abrantes disse que “este é o valor adequado face às responsabilidades a assumir” e que “resultou de uma negociação entre as partes”.

O socialista Manuel Jorge Valamatos, citado na nota informativa, disse ainda que o valor acordado “será atualizado em função da realidade e dos diferentes momentos”.

A transferência deste montante para a autarquia tem em conta a gestão e responsabilidade que passa para a gestão municipal, nomeadamente ao nível de recursos humanos, com 20 assistentes operacionais que passam a integrar os quadros da autarquia, equipamentos físicos e a frota automóvel.

No âmbito deste protocolo, o município de Abrantes assume a gestão, manutenção e conservação de 16 equipamentos afetos aos cuidados de saúde primários, entre eles a Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados e respetivas extensões de saúde, Unidades de Saúde Familiar, Unidade de Cuidados na Comunidade, Unidade de Saúde Pública e o Centro de Respostas Integradas.

Ao nível da frota automóvel, são quatro os veículos das unidades de prestação de cuidados de saúde cuja manutenção e conservação também passa para a gestão municipal.

De acordo com a legislação, será constituída uma comissão de acompanhamento e monitorização da implementação e desenvolvimento do quadro de transferência desta competência.

Segundo Manuel Jorge Valamatos, o objetivo passa por obter uma gestão “mais eficaz” destes equipamentos, “servindo melhor as pessoas num contexto de proximidade”, sublinhando que “a contratação de profissionais de saúde – médicos, enfermeiros, assistentes administrativos e outros técnicos especialistas – continua a ser uma responsabilidade do Ministério da Saúde”.

O autarca assegurou, no entanto, o “compromisso de, sempre que necessário, interceder junto das entidades competentes no sentido de encontrar soluções que minimizem a falta de profissionais de saúde”.

A assunção de competências na área da Saúde enquadra-se no âmbito da transferência de competências do Estado para as autarquias locais.

LUSA/HN

Outros artigos com interesse:

Source link

Segue a PortaLEnf: Follow on FacebookTweet about this on TwitterFollow on LinkedIn
0 0 votes
Article Rating
Looks like you have blocked notifications!

Pub

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Artigos Relacionados

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao Topo
';
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Permainan judi slot online terbaik

error: Alert: Content is protected !!
Partilha isto com um amigo
pasaran togel