Atualidade

Grândola inaugura dois novos polos de saúde, mas não tem profissionais

A construção dos dois equipamentos, inaugurados esta semana, representou um investimento da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA) de cerca de 500 mil euros, com financiamento do Portugal 2020.

São “espaços modernos, equipados com tecnologia de ponta, com instrumentos clínicos e não clínicos acessíveis a todos”, explicou a presidente do conselho de administração da ULSLA, Catarina Filipe.

De acordo com a responsável, o investimento resulta do esforço conjunto da ULSLA, juntas de freguesia de Melides e Azinheira dos Barros e da Câmara Municipal de Grândola.

“Acreditamos que é no diálogo e na construção permanente de soluções que conseguimos dotar toda a região de uma rede de polos de saúde”, afirmou Catarina Filipe, antecipando a inauguração de novos equipamentos em São Domingos, no concelho de Santiago do Cacém, São Martinho das Amoreiras e São Luís (Odemira) já “no início de 2023”.

Falta de profissionais

Apesar dos investimentos em novos equipamentos, a responsável não escondeu a dificuldade na captação “de novos recursos”, admitindo que a falta de profissionais de saúde é “um dos maiores problemas” deste território.

Por isso, defendeu, é urgente encontrar “soluções que ajudem a captar mais profissionais de saúde quer para os cuidados de saúde primários, quer para os cuidados de saúde hospitalares”.

Em declarações à agência Lusa, o presidente da Câmara Municipal de Grândola, António Figueira Mendes, afirmou que os novos equipamentos “trazem outra qualidade e conforto aos profissionais de saúde e utentes” das duas freguesias.

“Não havia extensões de saúde” nestas duas localidades, especificou o autarca, acrescentando que o atendimento aos utentes era prestado nas Casas do Povo de Azinheira dos Barros e de Melides, “em estruturas muito precárias, sem a qualidade” das novas instalações.

Apesar de saudar estes investimentos, António Figueira Mendes alertou para a urgente necessidade “de recursos humanos” na área da saúde na região.

“Sobretudo, médicos e enfermeiros que possam prestar o cuidado de saúde às pessoas, que é o que não temos tido até agora”, sublinhou.

No caso de Melides, “creio que há [um médico] todos os dias”, mas em Azinheira dos Barros “vai uma vez por semana”, indicou o autarca.

Em “Canal Caveira [o médico] vai de mês a mês, quando calha, e o Centro de Saúde de Grândola está cheio de carências por falta de médicos e enfermeiros”, denunciou.

Fonte: Lifestyle Sapo

Looks like you have blocked notifications!

Segue as Notícias da Comunidade PortalEnf e fica atualizado.(clica aqui)

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Keuntungan Bermain Di Situs Judi Bola Terpercaya Resmi slot server jepang