Atualidade

Maioria dos municípios do Oeste apoia localização estudada para novo hospital

A maioria dos municípios da região Oeste apoia a localização para o novo hospital definida no estudo encomendado pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Oeste à Universidade Nova de Lisboa, segundo uma moção aprovada nas respetivas assembleias municipais

Nos últimos dois dias, as assembleias municipais de Bombarral (PS), Lourinhã (PS), Cadaval (PSD), Sobral de Monte Agraço (CDU), Alenquer (PS) e Arruda dos Vinhos (PS) aprovaram por unanimidade a moção “Por um novo hospital do Oeste”, a que a agência Lusa teve acesso.

Já a Assembleia Municipal de Peniche (independente) aprovou a moção por maioria, com uma abstenção do Chega.

A Assembleia Municipal de Torres Vedras (PS) vai discutir na terça-feira a moção, que deverá ser também aprovada, tendo em conta a posição unânime assumida por todo o executivo da câmara municipal.

A moção, a ser enviada ao primeiro-ministro, ministro da Saúde, Assembleia da República e à Assembleia Intermunicipal do Oeste, “manifesta o seu apoio à posição assumida pela OesteCIM sobre o novo hospital do Oeste e ao estudo apresentado para a definição da melhor localização, respeitando o princípio demográfico e geográfico da região, a definição do perfil e suas valências”.

Os deputados municipais dos vários concelhos defendem que o novo hospital vem dar “um contributo decisivo para a melhoria dos índices da qualidade de vida na região Oeste” e que a sua necessidade é discutida pelos municípios da região “há mais de 20 anos”.

A moção recorda que os atuais hospitais de Torres Vedras, Caldas da Rainha e Peniche, com serviços espalhados por estas unidades, “não conseguem dar respostas satisfatórias às necessidades dos utentes”, por existirem “carências estruturais na área de recursos humanos e de infraestruturas”.

A melhoria das condições de trabalho é exigida para permitir fixar médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde.

As assembleias municipais lembram que a OesteCIM encomendou um estudo à Universidade Nova de Lisboa para “se escolher o melhor local para o novo hospital” de forma “apolítica”.

“O futuro hospital do Oeste, de acordo com o estudo, deverá ser construído numa zona que sirva tanto os utentes a Sul, como a Norte da região Oeste, tendo por base a distância e o tempo necessário para a população da região se deslocar do seu local de residência ao hospital”, sublinha a moção.

A câmara de Torres Vedras também se manifestou a favor da localização definida no estudo, considerando que, “depois do caminho já percorrido, não é hora de voltar atrás” e aguardar que o grupo de trabalho constituído pelo ministro da Saúde proponha a localização até ao final de março.

“Importa agora defender um novo hospital que servirá Torres Vedras e o Oeste e não um hospital para um dos concelhos da região”, frisaram.

Os autarcas torrienses criticaram os municípios de Caldas da Rainha e Óbidos (PSD), por “fazer tábua rasa a todo o caminho percorrido em conjunto pelas autarquias do Oeste” e querer “retardar a decisão, pondo em causa a coesão” regional.

Uma comitiva constituída pelos presidentes das câmaras das Caldas da Rainha e de Óbidos, partidos e movimentos cívicos daquelas cidades entregaram, na sexta-feira, na Assembleia da República uma petição com 13.570 assinaturas, visando alargar os critérios de decisão da localização do novo hospital do Oeste.

A petição defende que a localização do novo hospital do Oeste seja na confluência dos concelhos das Caldas da Rainha e de Óbidos e os seus subscritores pretendem que seja apreciada em plenário antes do anúncio da decisão do Governo, prometida pelo ministro da Saúde, Manuel Pizarro, para o final de março.

A decisão final está a ser equacionada por um grupo de trabalho criado pelo Governo, cujo trabalho tem por base um estudo encomendado pela Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCim), que apontou o concelho do Bombarral como a melhor localização para a construção do novo hospital.

A região Oeste é composta pelos concelhos de Alcobaça, Bombarral, Caldas da Rainha, Nazaré, Óbidos, Peniche (ACES Oeste Norte), do distrito de Leiria, e por Alenquer, Arruda dos Vinhos (ACES Estuário do Tejo), Cadaval, Lourinhã, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras (ACES Oeste Sul), do distrito de Lisboa.

Outros artigos com interesse:

Source link

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Looks like you have blocked notifications!

Comenta no Facebook

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
Keuntungan Bermain Di Situs Judi Bola Terpercaya Resmi slot server jepang
error: Alert: Conteúdo protegido !!
Send this to a friend