Notícias

Covid-19: Bruxelas aprova vacina adaptada a subvariante Ómicron

A Comissão Europeia aprovou hoje uma vacina adaptada à subvariante XBB.1.5 do vírus Ómicron da covid-19, falando num “marco importante” na luta contra a doença, a tempo das campanhas de vacinação pelos Estados-membros no outono e inverno.

“Hoje, a Comissão autorizou a vacina contra a covid-19 adaptada ao Comirnaty XBB.1.5, desenvolvida pela [farmacêutica] BioNTech-Pfizer. Esta vacina constitui mais um marco importante na luta contra a doença”, sendo esta a terceira adaptação deste fármaco para responder às novas variantes, indica a instituição em comunicado de imprensa hoje divulgado.

O executivo comunitário assinala que esta ‘luz verde’ surge após uma “avaliação rigorosa” efetuada pela Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla inglesa), ao abrigo do mecanismo de avaliação acelerada.

“A Comissão autorizou esta vacina adaptada ao abrigo de um procedimento acelerado para permitir que os Estados-membros se preparem a tempo para as suas campanhas de vacinação do outono e inverno”, apela.

A aprovação surge depois de, na passada quarta-feira, a EMA ter recomendado a autorização de uma vacina adaptada à subvariante XBB.1.5 do vírus Ómicron da covid-19.

A vacina – conhecida como Comirnaty Omicron XBB.1.5, do grupo farmacêutico BioNTech-Pfizer – destina-se a ser utilizada na prevenção da covid-19 em adultos e crianças a partir dos seis meses de idade.

Em conformidade com as recomendações anteriores da EMA e do Centro Europeu de Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), os adultos e crianças a partir dos cinco anos de idade que necessitem de vacinação devem receber uma dose única, independentemente do seu historial de vacinação contra a covid-19.

As crianças entre os seis meses e os quatro anos podem levar uma ou três doses da vacina.

Em 17 de agosto, o ECDC classificou linhagens recombinantes da variante Ómicron do coronavírus SARS-CoV-2 como variantes de interesse, alertando para o aumento da propagação e da transmissão da covid-19 na Europa.

“O ECDC classificou todas as linhagens do tipo XBB.1.5 com a alteração adicional de aminoácidos F456L como variantes de interesse. Isto deve-se a um rápido aumento da proporção destas variantes atualmente em circulação, que podem ter propriedades de fuga imunitária em comparação com as variantes que estavam anteriormente em circulação”, indicou a agência comunitária numa nota de imprensa então divulgada.

 

LUSA

Notícia relacionada

Covid-19: Ordem dos Enfermeiros opõe-se à administração da vacina por farmacêuticos

Fonte: Saúde Online

Looks like you have blocked notifications!

Segue as Notícias da Comunidade PortalEnf e fica atualizado.(clica aqui)

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Keuntungan Bermain Di Situs Judi Bola Terpercaya Resmi slot server jepang
Send this to a friend