Como manter ativos os pacientes idosos

0 455

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Como manter ativos os pacientes idosos? Esta é uma pergunta provavelmente bastante frequente entre profissionais de unidades de saúde geriátricas e cuidadores de idosos.

Como manter ativos os pacientes idososEste artigo é exatamente destinado aos profissionais que desejam manter seus pacientes idosos em estado de higidez e atividade por mais tempo possível.

A senescência é uma fase natural da vida, mas pode gerar sentimentos de medo, ansiedade e tristeza naqueles que estão diretamente envolvidos no processo do cuidar de idosos.

Tais sentimentos são respostas naturais ao que é um processo difícil, uma vez que o cuidador precisa encarar o fato de que um dia estará na posição de seu paciente.

Mas mais precisamente o quão difícil essas considerações podem se tornar depende de vários fatores. O mais importante deles é a natureza do seu relacionamento com seus pacientes.

 

A dinâmica da interação do profissional com o paciente idoso

Se você puder ser um profissional prático, direto, honesto e aberto com seus pacientes, a assistência geriátrica e a qualidade da vida assistida serão muito mais suaves para eles.

Como manter ativos os pacientes idososEles se sentirão totalmente envolvidos e ativos, como uma parte fundamental do processo de tomada de decisões e você compartilhará suas opiniões de um modo polido e criterioso.

Esse tipo de relacionamento ético entre profissional e paciente é ótimo para encorajar os idosos a se sentirem positivos sobre as mudanças que estão por surgir em seus corpos e suas mentes.

Não se trata apenas de escolher os cuidados a prestar, porque um prestador de cuidados também precisa garantir que os cuidados implementados sejam efetivos.

Nesse contexto, como manter ativos os pacientes idosos para que eles permaneçam hígidos e saudáveis por mais tempo sem importar qual a situação de socioeconômica deles?

 

Enfrentando as questões mais difíceis

O erro que muitos profissionais cometem é assumir que, uma vez que os cuidados foram organizados, prestados, avaliados e anotados o processo de cuidar termina.

Este não é o caso, porque o grande problema, para a maioria das pessoas idosas, é o tempo de ocioso numa unidade hospitalar ou lar geriátrico.

Esses pacientes não têm mais compromissos de trabalho e muitos deles se entediam por isso. Eles podem não ser capazes de fazer a maioria das coisas que normalmente faziam sozinhos.

Eles podem se sentir socialmente isolados devido a algum problema de mobilidade. Portanto, encontrar maneiras de contornar essas restrições se torna muito importante para o prestador de cuidados.

 

Como manter ativos os pacientes idosos: permanecendo em forma e com vigor

Não é necessário que os profissionais de saúde façam com que seus “velhinhos” joguem futebol ou basquete uma ou duas vezes por semana. Não!

Contudo, os idosos precisam se esforçar para se movimentar o máximo possível dentro de suas limitações. Diversas doenças geriátricas estão diretamente ligadas ao sedentarismo e mobilidade insuficiente.

Por isso, mesmo uma pequena caminhada ou exercícios para os membros no leito podem ajudar a manter um paciente geriátrico em forma e, talvez, com um pouco mais de autoconfiança.

Organize caminhadas nos espaços propícios para isso na sua unidade de cuidados – se não for possível para o paciente ir longe, estimule a deambulação na própria enfermaria.

Agrupe aqueles pacientes sem recomendação de isolamento, sem quadros infecciosos e promova atividades em grupo. Basta tirá-los do quarto no qual podem estar se sentindo confinados e deixar que interajam com outras pessoas da mesma faixa etária. A socialização faz muita diferença para o idoso!

Como manter ativos os pacientes idosos

 

Como manter ativos os pacientes idosos: trabalhando a mente

Ser idoso é difícil por diversas razões diferentes, mas uma das mais desafiadoras é provavelmente o tédio. Muitas pessoas idosas passam a maior parte do tempo sem entretenimento.

Como manter ativos os pacientes idososDito isso, mesmo que você não possa estar lá entretendo seus pacientes geriátricos todo o tempo, você certamente pode mantê-los ocupados com livros de áudio, CDs, programas de rádio, jogos, revistas, músicas e qualquer outra coisa que você acha que eles possam gostar.

Incentive-os a se manter animados! Isso é importante para a manutenção de uma mente ativa e para a promoção da alegria.

Programas como a terapia do riso podem ser bastante úteis também.

 

Conversando com acompanhantes, familiares e cuidadores

maos de idososMantenha-se em contato e colete informações com acompanhantes, familiares e cuidadores. São eles que estão com o paciente todos os dias. Eles são os primeiros que detectam mudanças, percebem sinais de problemas logo no início e têm todas as informações de que você precisa.

Pense neles como suas sentinelas quando você não puder estar lá para verificar o paciente por si. Se você fizer um esforço para ter um relacionamento amigável com esses três grupos de pessoas, a vida será mais fácil para todos vocês.

 

Por que a felicidade é a chave para uma boa saúde durante a velhice?

Repetidas vezes, estudos e pesquisas mostraram que pessoas idosas que se sentem felizes, ativas, fortes, positivas e engajadas com a vida tendem a viver mais e a sofrer menos de doenças graves.

Como manter ativos os pacientes idososA solidão e o tédio podem ser surpreendentemente difíceis para a saúde, e é por isso que esses denominadores estão entre alguns dos mais perigosos na velhice.

Entretanto, como profissional de saúde, deve-se conhecer estratégias e técnicas para combater ou minimizar todos esses problemas. E, se não for o caso, faz-se mister identificar todas essas coisas e encontrar maneiras de corrigir o que for possível.

 

Como manter ativos os pacientes idosos: sugestões de atividades para pacientes geriátricos

Seguem listadas abaixo algumas sugestões de atividades para atenuar problemas como a solidão e o tedio entre pacientes idosos:

  • Karaokê ou cantigas.
  • Leitura.
  • Jogos de baralho como “Uno”, truco, buraco, tranca e similares.
  • Caça-palavras e cruzadinhas.
  • Artesanatos.
  • Dança de salão.
  • Exercícios leves.
  • Pintura.
  • Atividades em grupo: charadas, adivinhações, caça ao tesouro.
  • Bingo.
  • Jogos de tabuleiro e afins.

Finalizando

São inúmeras as atividades que se pode realizar com os pacientes de uma unidade geriátrica. Conversar com outros profissionais pode ajudar a trazer novas ideias e criar uma atmosfera de cumplicidade.

Caso sua unidade de saúde já promova algo, que tipo de atividades são feitas? Use a ferramenta de comentários para criar o bom e velho “brainstorming” que poderá ajudar cuidadores e pacientes idosos onde quer que esse artigo possa chegar.

 

Fontes:

Ministério da Saúde

Ola, Enfermeira

Scielo

Gostaste deste artigo? Divulga-nos junto dos teus amigos e colegas!

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo