Questionário Roland-Morris em pessoas com lombalgia

0 202

O questionário de Roland-Morris (ou escala) é usado para determinar com segurança o grau de incapacidade física derivada de dor lombar não específica. Nesse sentido, “deficiência física” é definida como a limitação no desempenho das atividades diárias.

Além de monitorar a evolução dos pacientes, essa determinação é útil para identificar os casos em que o grau de incapacidade é exageradamente alto ou persistente. Nesses pacientes, geralmente existem fatores psicossociais que implicam em uma limitação maior do que a que justifica a dor e aumenta o risco de cronificação, sendo aconselhável dramatizar a situação, fornecendo-lhes informações verbais ou folhetos comprovadamente úteis.

Faz sentido considerar apenas o encaminhamento para o tratamento psicológico, se disponível, daqueles casos em que esses fatores são múltiplos e têm efeito intenso.

É importante notar que a escala de Roland-Morris não serve para medir a intensidade da dor, mesmo indiretamente, uma vez que a dor e a incapacidade não se correlacionam bem; há pacientes com lombalgia muito severa e pouca incapacidade, e vice-versa.

A versão em espanhol do questionário (fig. 1) foi transculturalmente adaptada e validada em nosso meio, mostrando-se compreensível, válida e confiável. O estudo correspondente foi realizado por uma grande equipe multidisciplinar, na qual participaram inúmeros médicos da atenção básica, e seus resultados confirmaram que é viável sua utilização em condições de cuidados rotineiros.

Sua correção requer que o médico demore menos de 30 segundos, e o paciente o completa sozinho, podendo fazê-lo enquanto espera e sem subtrair o tempo de consulta.

A indústria não participou deste estudo, mas foi financiada por uma Fundação sem fins lucrativos ou atividade comercial, que, sendo proprietária dos direitos autorais do questionário, transfere seu uso clínico gratuitamente para os médicos do Sistema Único de Saúde.

O objetivo desta publicação é resumir as condições de uso e disponibilizar o questionário para médicos que desejam usá-lo com seus pacientes.

CONDIÇÕES DE UTILIZAÇÃO DO QUESTIONÁRIO ROLAND-MORRIS

O questionário deve ser usado em pacientes com lombalgia que possam ler, mesmo que o façam com dificuldade ou não tenham estudos, e o mesmo é projetado para ser usado especialmente na Atenção Primária.

Patrocinado

Deve ser respondido diretamente pelo paciente, de preferência sozinho, isto é, sem influências de terceiros ou a necessidade de ajuda por parte do pessoal de saúde ou auxiliar. Para respondê-lo, você simplesmente tem que apontar as frases que se aplicam ao seu caso específico no momento em que você está respondendo. É importante que o paciente indique exclusivamente as frases que descrevem sua situação no momento em que preenche o questionário, e não aquelas que se referem à situação em que estiveram no passado ou acreditam que possam estar no futuro.

Para determinar o grau de incapacidade, basta contar o número de sentenças indicadas pelo paciente. Esse é o resultado. Os valores extremos variam entre 0 (ausência de incapacidade devido à dor lombar) e 24 (incapacidade máxima possível).

Uma deficiência abaixo de 4 pontos é muito pequena. Uma variação na pontuação é apenas de relevância clínica se for de 2 ou mais pontos,  embora o limiar ótimo esteja entre 3 e 4 .

O uso clínico do questionário é gratuito e gratuito, e a entidade proprietária dos direitos autorais o autoriza a ser fotocopiado, para fins clínicos e no ambiente clínico do Sistema Único de Saúde, quantas vezes forem necessárias. Se o questionário for usado em um contexto não puramente

clínico (por exemplo, em um projeto de pesquisa), só deve ser indicado que o copyright pertence à Fundação Kovacs e cite sua referência bibliográfica, como mostrado no próprio questionário.

Perguntas ou comentários sobre o seu uso podem ser dirigidos ao Secretariado da Rede Espanhola de Pesquisadores em Back Ailments (www.kovacs.org/REIDE.asp).

Fonte: https://www.elsevier.es/

Veja a versão Brasileira do questionário Roland-Morris

Este artigo foi útil?

5/5 (1 Review)
Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...

Partilha isto com um amigo