Chocolate: Um dos alimentos funcionais que mais impactam no humor!

0 2

Ele é o queridinho da maioria, mas pode se tornar o vilão de muitas dietas. Sim, estou falando do chocolate. Sua matéria-prima, o cacau, era considerada por maias e astecas o alimento dos Deuses. Além de gostoso, sobram evidências científicas de que o chocolate promove uma série de benefícios à saúde. É crescente o número de estudos que afirmam as qualidades do chocolate, especialmente o amargo.

O consumo moderado e regular de chocolate diminui a incidência de problemas cardiovasculares, combate o diabetes, controla o câncer, faz bem para o cérebro e ajuda a manter o peso. Isso ocorre porque compostos presentes no cacau, como os flavonoides, atuam como antioxidantes em defesa do organismo, inativando os radicais livres. A presença desses radicais livres no nosso corpo é crítica para a manutenção de muitas funções.

Para desfrutar de todos esses benefícios, é necessário um consumo moderado, de cerca de 40g de chocolate por dia. E quanto mais amargo o chocolate, melhor. Quanto maior a quantidade de cacau, maior a quantidade de flavonoides, menor o valor calórico e menor a quantidade de gorduras.

Outra boa notícia é que o alimento mantém o humor em alta. O chocolate possui um aminoácido chamado triptofano que é precursor da serotonina, substância responsável no nosso organismo pela sensação de prazer e bem-estar. Além disso, concentra outras substâncias como teobromina, feniletilamina, fenilalanina e tirosina que reforçam a sensação de bem-estar, ajudam a levantar o astral, a combater a depressão e a reduzir a ansiedade. Um estado de espírito que é de enorme ajuda na hora de aderir à dieta e controlar a gula.

O chocolate também diminui a vontade de comer doce. O cacau possui algumas substâncias que atuam no cérebro fechando os receptores responsáveis pela vontade de comer doce. Resultado: controla o desejo de comer açúcar e a balança também.

Tipos de chocolate

chocolate2

Chocolate branco: esse tipo de chocolate não leva massa de cacau. É feito, basicamente, de manteiga de cacau, leite e açúcar. Ele tem textura mais cremosa, é mais doce e gorduroso que os demais, logo é o mais calórico.

Chocolate ao leite: produzido a partir de pasta de cacau. O teor de cacau nesse chocolate é em média 25%. Contém açúcar, leite, leite em pó ou leite condensado.

Chocolate meio amargo: é um dos mais saudáveis por apresentar um índice entre 40 e 65% de cacau em sua composição. Apresenta maior quantidade de açúcar em relação ao amargo.

Chocolate amargo: feito com os grãos de cacau torrados com pouca adição de açúcar, e sem leite. É também chamado de “chocolate puro” e é o menos doce e menos gorduroso de todos. É o que mais oferece benefícios à saúde e não aumenta o colesterol. A concentração de cacau nesse chocolate é bem alta, ficando acima de 65%.

Chocolate diet: são recomendados apenas para os diabéticos porque apesar de não possuírem açúcar, tem elevados índices de gordura e são altamente calóricos.

Dicas para a guloseima entrar no cardápio, adoçar a vida e não mexer na balança!

1) Se você não tem o hábito de consumir o chocolate amargo, comece pelo meio amargo, que também contém uma concentração elevada de cacau, porém com um pouco mais de açúcar. Com o tempo, você se acostuma com o sabor e já pode experimentar sabores mais amargos.

2) Prefira consumir o chocolate na hora da sobremesa. Depois de uma refeição você está mais saciado e fica mais fácil se contentar com um pedaço pequeno.

3) Aposte no cacau em pó para tomar com leite. Ele também fica ótimo polvilhado em cima de frutas assadas como a banana.

4) Experimente acrescentar 15g de chocolate amargo derretido em cima de uma porção de frutas como morango, uva, banana, damasco. Uma delícia!

Vale lembrar, o chocolate é maravilhoso, mas não vale ingerir qualquer um, nem a quantidade que quiser.

Gostar
Seguir
google
Loading...
Ajuda a tua Comunidade PortalEnf

Com um pequeno donativo estarás a ajudar a tua Comunidade a permanecer Online.

Aproveita e segue-nos nas redes sociais
Dá o teu Contributo!
close-link
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo