Estudo: trabalhar por turnos faz mal à saúde… e provoca alterações genéticas

0 24

Já se sabia que quem trabalha por turnos têm mais riscos de saúde. Uma experiência recente sugere que é a constante mudança nos horários de sono que causa danos a nível genético.

Trabalho noturno: problemas de saúde acrescidos e alterações em 1400 genes, sugere estudo.

Quem trabalha por turnos tem um risco acrescido para doenças cardiovasculares, cancro, diabetes e outros problemas de saúde graves. Um novo estudo concluiu que otrabalho por turnos altera negativamente cerca de 1400 genes diferentes no organismo humano.

Uma equipa de cientistas do Sleep Research Center da Universidade de Surrey, no Reino Unido, observou que, ao alterarmos frequentemente o ciclo natural de 24 horas do organismo – o ritmo circadiano, que alterna entre períodos de sono e de vigília – podemos causar danos aos nossos genes, a longo prazo. As constantes mudanças no horário de sono, e também no horário de refeições, têm implicações sérias na saúde humana.

Para este estudo, 22 voluntários foram submetidos a uma rotina diária de 28 horas, sem acesso a luz natural. Como consequência, os seus ciclos de sono foram atrasando 4 horas por dia, até chegarem às 12 horas fora da sincronização com o horário normal. Durante o dia, submetiam-se a várias análises ao sangue.

No final da experiência, os hemogramas mostraram que o número de genes associados ao ritmo circadiano eram seis vezes menores do que no início.

Derk-Jan Dijk, do Sleep Research Center, explicou ao Daily Mail: “Descobrimos que cerca de6% dos genes humanos têm um ritmo circadiano, ou seja, a sua atividade é mais alta em certas alturas do dia do que outras. Pensamos que aqueles que reagem principalmente à luz do dia possam estar relacionados com o sistema imunitário e aqueles que registam mais atividade à noite possam estar envolvidos na regulação de outros genes. Este estudo é importante porque agora precisamos de descobrir porque é que estes ritmos existem e pensar nas consequências.”

Acredita-se que o corpo humano possa ter cerca de 24 mil genes, o que signica que cerca de 1400 podem ser afetados por más rotinas de sono. Derk-Jan Dijk explica: “Ao perturbarmos o nosso padrão de sono, estamos a modificar também processos moleculares, ao causarmos distúrbios no ritmo dos genes. Esta pesquisa pode ajudar-nos a entender os efeitos negativos para a saúde associados ao trabalho por turnos, ao jat lag e outras condições em que o ritmo dos nossos genes é alterado.”

Numa época de emprego precário, os cientistas e médicos estão preocupados em determinar como é que as condições e horários de trabalho podem afetar a saúde dos trabalhadores.

Um estudo anterior demonstrava que trabalhar de noite triplicava o risco de doenças cardiovasculares. Os maus hábitos de sono já foram também relacionados a problemas de saúde mental, cancro, depressão, diabetes, obesidade e AVC’s.

 

Fonte : http://activa.sapo.pt/belezaesaude/saudenutricao/2014-01-21-estudo-trabalhar-por-turnos-faz-mal-a-saude…-e-provoca-alteracoes-geneticas

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo