Escala de Braden- Avaliação do Risco de Lesões de Pressão

0 15.621

As alterações da integridade da pele que normalmente resultam em lesões denominadas lesões de pressão (L.P.),  ou Lesões de decúbito e tem sido relatadas como sendo objecto de preocupação da enfermagem desde o seu início com Florence Nightingale. NO entanto o problema continua a ser bastante comum em pacientes cuidados nos hospitais e domicílios. (BERGASTROM,N; ALLMAN,RM; CARLSON,CE, et al. Pressure Ulcers in Adults: Predicition an Prevention. Clinical Practice Guideline. Quick reference Guide for Clinicians, nº 3. Rockville, MD: US. Departament of Health and Human Services, Public Health Service, Agency for Health Care Policy and Research. AHCPR Publication nº 92-0050, May 1992.

 

Os pacientes críticos reúnem todas as condições para desenvolver lesões por pressão, pois muitas vezes ficam acamados, imobilizados e com má perfusão tecidular.

O enfermeiro tem papel essencial em identificar o grau de risco do paciente em desenvolver úlcera por pressão visando medidas profiláticas.

Optamos por utilizar a escala de Braden por ter sido submetida a diversos estudos e testes de confiabilidade e validade em diferentes populações, dentre as escalas mais conhecidas (Norton, Gosnell e Waterloo). Foi validada também para a Língua Portuguesa.

A escala de Braden é composta de 6 subclasses que refletem o grau de percepção sensorial, umidade, atividade física, nutrição, mobilidade, fricção e cisalhamento. Todas as subclasses são graduadas de 1 a 4, exceto fricção e cisalhamento, cuja variação é de 1 a 3. O grau de risco varia de 6 a 23, e pacientes adultos hospitalizados com escores de 16 ou abaixo são considerados de risco para a aquisição de úlcera por pressão. Em população mais velha, os graus 17 ou 18 já podem ser considerados críticos. Utilizaremos o escore ≤16 como crítico para desenvolvimento de úlceras por pressão.

 

 AVALIAÇÃO DO GRAU DE RISCO DE DESENVOLVIMENTO DE ÚLCERA POR PRESSÃO

O melhor da PortalEnf...

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Segue-nos nas redes sociais!

Partilha isto com um amigo