AtualidadeSaúde e bem-estar

Suplemento dá mais força ao corpo para combater a covid-19

Estudo revela que a utilização da combinação de Quercetina, Curcumina e vitamina D utilizada nos estágios iniciais do vírus aumenta o sistema imunitário e diminui a força da infeção.

Passados dois anos e meio ainda não se sabe tudo sobre o covid-19 e as suas consequências. Um novo estudo clínico, levado a cabo pelo Dr. Amjad Khan, da Oxford University, revela que a ingestão do suplemento Nasafytol, que contem uma combinação de Quercetina (65 mg), Curcumina (42 mg) e Vitamin D3 (2.2 µg) pode ser uma preciosa ajuda no combate ao vírus. Desde que usado nos estágios iniciais do mesmo.

Apesar de o SARS-CoV-2 ser um vírus novo há já evidência científica sobre como entra dentro do nosso corpo e causa todo um espetro de doenças. As vacinas são muito eficazes e realmente reduziram as taxas de transmissão, hospitalização e mortalidade, mas, na opinião do professor, na perspetiva do tratamento ainda há muito por fazer. É verdade que há vários medicamentos que têm estado a ser usados para diminuir a mortalidade da doença. Mas Amjad Khan acredita que se deve tratar o vírus desde os primeiros estágios, no sentido de diminuir os efeitos da infeção. Para o investigador devemos atuar logo nos primeiros sintomas e não tentar ver se o nosso sistema imunitário vai (ou não) responder. Isto porque, lembra, mesmo nas pessoas saudáveis os efeitos do vírus podem ser imprevisíveis. E a medicação utilizada – tipicamente o Ben-U-Ron e o Ibuprofeno apenas combatem os sintomas da inflamação. Mas não combatem o vírus.

E é aqui que, segundo Amjad Khan entra a combinação de Quercetina, Curcumina e vitamina D que demonstrou atividades farmacológicas contra muitos vírus. Quer a Quercetina como a Curcumina não só estão registadas como tendo não só atividades antivirais, como também anti-inflamatórias, imunologia imuno e antioxidantes. Por seu lado a vitamina D é essencial ao metabolismo, protegendo o nosso sistema imunológico, que por seu lado, protege o nosso corpo de, por exemplo, o desenvolvimento de infeções. Tendo em conta as características destes três elementos “pensamos em combinar estes três suplementos – que são utilizados de forma rotineira como parte das nossas refeições diárias, e tendo demonstrado serem seguros”, refere Amjad Khan, acrescentando que todos os três mostraram (cientificamente) os seus benefícios – nomeadamente a Quercetina e a Curcumina. Quanto à vitamina D o professor lembra que estudos anteriores mostraram que a deficiência desta vitamina aumenta a suscetibilidade a infeções virais e bacterianas, assim como há existência de outros problemas de saúde.

“A combinação de Quercetina, Curcumina e Vitamina D3 é um adjuvante seguro cientificamente apoiado para tratar a COVID-19 na fase inicial; e os resultados demonstrados pelo Nasafytol® são muito encorajadores e prováveis devido aos mecanismos imunomoduladores, antioxidantes, anti-inflamatórios e antivirais eficazes da Quercetina, Curcumina e Vitamina D3”, resume o Dr. Amjad Khan.

Os resultados da utilização do suplemento em pacientes na fase inicial da covid 19 e com sintomas moderados mostram que há uma maior rapidez na negativação do virus. Foi o que aconteceu a 60% dos pacientes que participaram no estudo. Ao sétimo dia o resultado do teste era negativo. Por outro lado, verificou-se que um atenuar dos sintomas associados ao vírus, nomeadamente dores no corpo, garganta inflamada e fraqueja generalizada.

Quer isto dizer que este suplemento deve ser usado como forma de tratamento do vírus? Não. Como refere Amjad Khan o suplemento deve ser usado como uma terapia

Quanto ao futuro o professor acredita que o vírus se possa tornar endémico, um pouco como a gripe, com tomas de vacinas anuais. E não é preciso muito para chegar a esta conclusão. Como lembra Amjad Khan basta pensar em como estava o mundo em 2020, antes das campanhas de vacinação. No entanto volta a frisar que, do ponto de vista do tratamento, ainda há muito a fazer. E daí a importâncias de estudos como aquele que dirigiu.

Porque a medicação é importante no sentido de evitar que os pacientes desenvolvam uma doença aguda. Que sejam hospitalizados. E há medida que os números da vacinação aumentam, e com isso uma espécie de imunização, é importante dar alento ao sistema imunitário para que, caso apanhe o vírus, esteja numa melhor posição para combater a infeção. E não se trata de “meter” químicos para o nosso corpo. Como lembra Amjad Khan a Curcumina, por exemplo, pode ser encontrada no caril. Já a Quercetina pode ser encontrada em frutas e vegetais, como cebola, maçã, brócolos, alcaparras, uva, limão e pimentão amarelo.

Tudo o que possa fortalecer o nosso sistema imunitário é bem-vindo. E se se trata de suplementes com composição já amplamente (e cientificamente) comprovada tanto melhor. O que não invalida que se realizem mais estudos.

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Looks like you have blocked notifications!

Comenta no Facebook

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
Keuntungan Bermain Di Situs Judi Bola Terpercaya Resmi slot server jepang
error: Alert: Conteúdo protegido !!
Send this to a friend