Violência, Exaustão e Turnos Repetidos… A Enfermagem deste Pais!

0 13

Um artigo desta semana do Jornal “Diário de Notícias”(DN) salienta o estado da Enfermagem em Portugal, referindo-se aos turnos seguidos, às elevadas horas extraordinárias, aos serviços com falta de profissionais onde por vezes só há um enfermeiro por turno e às  unidades cirúrgicas que funcionam com um décimo dos profissionais necessários.

 

Segundo o DN, os casos de exaustão e sobrecarga vão-se multiplicando de norte a sul do pais, agravando-se com a saída de enfermeiros por aposentação, rescisão e ida para o estrangeiro que são uma constante.

 

O Ministério da Saúde promete o reforço de Enfermeiros (na minha humilde opinião um reforço muito escasso atendendo à situação) no Sistema Nacional de Saúde e o Sr Ministro da Saúde já “admitiu” essa falta de enfermeiros, mas a classe vai-se desdobrando em greves e manifestações para alertar o governo e o Pais para essa realidade.

 

Lógico que todas estas situações não são novas… resultam apenas de um “arrastar” durante anos de uma inapetência e desinteresse de muitas partes para resolver a situação, relegando a enfermagem e a imagem do enfermeiro para um segundo ou terceiro plano!

 

As agressões são outro aspecto que o DN salienta no qual Guadalupe Simões, dirigente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, revela um conjunto de histórias que por vezes até acabam em violência contra os enfermeiros.

Como é do conhecimento de todos os colegas, as agressões são uma realidade na classe de Enfermagem e todos nós conhecemos situações em que o enfermeiro é agredido física e psicologicamente.

 

Achei interessante e sugiro a leitura dos comentários desse artigo do DN online (link)

 

 

Fonte: DN

O melhor da PortalEnf...

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Segue-nos nas redes sociais!

Partilha isto com um amigo