Frio pode causar agravamento das lesões

0 17
Os doentes com psoríase tendem a temer os meses de Inverno, já que o tempo frio e a ausência de sol podem agravar as lesões. No entanto, existem formas de evitar o agravamento das lesões e a maior descamação da pele.

“No Inverno, os banhos devem ser com água morna e utilizando sabonete com hidratante ou à base de glicerina, mas sem passa-lo muitas vezes na pele e sem recorrer a esponjas. Depois do banho, a pele deve ser hidratada, para evitar que fique seca”, explica o médico dermatologista Paulo Ferreira.

A aplicação de cremes hidratantes permite acalmar a comichão, reduzir o incómodo que a pele seca pode provocar e atenuar a inflamação.

O tempo frio obriga ao vestuário mais quente e, por isso, mais pesado. Os doentes com psoríase devem ter atenção à escolha dos tecidos e optar por fibras naturais, como o algodão, que não causem irritação na pele.

A frequência de espaços com ar condicionado ou aquecedores pode provocar também maior secura da pele e agravar as lesões. A melhor solução passa pela utilização de desumidificadores em casa.

A psoríase uma doença crónica da pele que afecta 250 mil portugueses e mais de 125 milhões de pessoas em todo o mundo. Este ano o tema escolhido para assinalar o Dia Mundial da Psoríase é “Psoríase Sem Fronteiras, Tratamento Para Todos”, que pretende, simultaneamente, sensibilizar a população para o facto de que a psoríase não conhece fronteiras mas também que o acesso ao tratamento deve ser garantido a todos os doentes.

 

Sobre a PSOPortugal

A PSOPortugal – Associação Portuguesa da Psoríase, entidade com oito anos de existência, constituída em 2005, tem vindo a defender, apoiar e dar voz aos doentes de psoríase. E também a alertar e sensibilizar a sociedade para a discriminação social e profissional de que são alvo os cerca de 250 mil portugueses que sofrem de psoríase. É uma entidade sem fins lucrativos, com intervenção a nível nacional. Actualmente é sócia da Federação Internacional das Associações de Psoríase (IFPA) e da Federação Europeia das Associações de Psoríase (Europso).

 

Sobre a Psoríase

A psoríase é uma doença auto-imune, crónica que se manifesta no nosso maior órgão – a pele, não contagiosa, que pode surgir em qualquer idade. O seu aspecto, extensão, evolução e gravidade são variáveis, caracterizando-se pelo aparecimento de lesões vermelhas, espessas e descamativas, que afectam sobretudo os cotovelos, joelhos, região lombar, couro cabeludo e unhas. Desenvolve-se quando o sistema imunitário do corpo faz disparar um crescimento rápido das células cutâneas. Na pele saudável, as células amadurecem e perdem-se em 28 a 30 dias. Nas pessoas com psoríase, este processo acelera-se 3 a 4 dias. A origem da psoríase não está totalmente esclarecida.

Cerca de 10% dos doentes acabam por desenvolver artrite psoriática. Esta traduz-se por dor e deformidade, por vezes bastante debilitante, das pequenas ou grandes articulações. Em Portugal esta doença afecta mais de 250 mil pessoas e cerca de 125 milhões em todo o mundo.psoriase

IN :http://www.atlasdasaude.pt/publico/content/frio-pode-causar-agravamento-das-lesoes

Gostar
Seguir
google
Loading...
Ajuda a tua Comunidade PortalEnf

Com um pequeno donativo estarás a ajudar a tua Comunidade a permanecer Online.

Aproveita e segue-nos nas redes sociais
Dá o teu Contributo!
close-link
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo