Atualidade

Especialista alerta para a importância de colocar o doente no centro do sistema

Tito Fernandes, enfermeiro do família na USF Horizonte-ACES Matosinhos-ULSM, defendeu a importância de colocar os utentes no centro do sistema. A posição do especialista foi assumida no âmbito do webinar promovido este sábado pela Associação de Cuidados na Comunidade (AUCC).

Numa sessão online promovida pela AUCC, subordinada ao tema “Gestão e Administração de Serviços de Enfermagem”, o especialista em Enfermagem Comunitária começou por enumerar alguns dos desafios que o sistema de saúde tem vindo a enfrentar.

De acordo com o especialista, o envelhecimento da população e a exigência cada vez mais acentuada dos cidadãos, que “querem novas respostas públicas numa área fulcral” como a saúde, são principais reptos do sistema de saúde português.

Apesar de admitir que os últimos governos constitucionais e as autoridades de saúde têm vindo a reconhecer a importância da participação ativa dos cidadãos na promoção de melhores cuidados de saúde, a verdade é que “na prática isso nem sempre acontece”.

Tito Fernandes defende que o “doente constitui o centro do sistema de saúde”, devendo, por isso, ser reconhecido como “gestor, decisor, avaliador e agente de mudança”.

Na sua intervenção, o especialista cita as três fases da centralidade do cidadão defendidas pelo Professor Catedrático da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. De acordo com Pedro Lopes Ferreira, deve ser garantido a todos os doentes o acesso aos serviços de saúde; facilitada a utilização dos serviços e promovida a literacia em saúde.

“Esta centralidade que estamos a falar requer ainda a avaliação por parte do cidadão dos cuidados que lhe são prestados, até porque a satisfação dos utilizadores tem um impacto substancial na adesão à terapêutica e no recuperar das doenças”, frisa Tito Fernandes.

Segundo o enfermeiro de família é essencial que seja garantida “a monitorização sistemática da opinião dos utilizadores do SNS sobre a qualidade dos cuidados recebidos e do desempenho dos serviços de saúde”.

O especialista considera que a centralidade do doente deve fazer parte das políticas internacionais, nacionais, regionais e das próprias organizações de saúde.

Tito Fernandes conclui que apesar de existirem “experiências que se mostraram bem-sucedidas”, ainda há um “longo caminho a percorrer”.

HN/Vaishaly Camões

Outros artigos com interesse:

Source link

Looks like you have blocked notifications!
93,875Fans
627Seguidores
276seguidores
6,774seguidores
3,579Seguidores
94Subscritores
3,369Membros
15,245Assinantes
 Segue o nosso canal
Faz um DonativoFaz um donativo

Comenta no Facebook

Pub

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Permainan judi slot online terbaik

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.
Partilha isto com um amigo
pasaran togel