Cerveja pode ser um ingrediente que diminui agentes cancerígenos

0 40

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A cerveja pode ter um papel bem mais importante para o churrasco do que o de deixar as pessoas “mais alegres”. Um estudo realizado por cientistas da Universidade do Porto, em Portugal, mostrou que quando a bebida é usada para marinar a carne, pode diminuir a formação de substâncias potencialmente prejudiciais existentes no alimento – inclusive aquelas que podem desenvolver cancro. A pesquisa foi publicada no “ACS ‘ Journal of Agricultural and Food Chemistry”, avança o jornal O Globo.
O processo de cozinhar a carne sobre brasas é conhecido por aumentar a produção de substâncias químicas potencialmente perigosas chamados hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs), que estão ligadas ao cancro colo-rectal.

 

Na investigação, os cientistas marinaram carne de porco em três tipo de cerveja (pilser, pilser sem álcool e escura), e depois a grelharam no carvão, em altas temperaturas. A cerveja preta foi a que apresentou efeito mais eficaz, reduzindo os níveis de PAHs em até oito vezes.

 

Na conclusão do estudo, os cientistas disseram que, embora ainda se desconheça a razão exacta do efeito, pode ser possível que os compostos antioxidantes da bebida ajam como inibidores das reacção de radicais livres que criam o composto cancerígeno.

 

 

Fonte: O Globo
http://oglobo.globo.com/saude/guardar-cerveja-do-churrasco-para-marinar-…

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo