OMS reconhece papel fundamental dos Enfermeiros

0 1.293

A Comissão de Alto Nível da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou um relatório sobre as Doenças Não Transmissíveis (DNTs), reconhecendo o papel fundamental dos Enfermeiros.

 

Este relatório refere que os Enfermeiros têm um papel fundamental na literacia e na promoção da Saúde, como na prevenção e na gestão de Doenças Não Transmissíveis (DNTs), verificando também a necessidade de maior apoio financeiro e de recursos para que o campo de actuação dos profissionais de Saúde possa ser mais extenso e eficaz. Nesse sentido, o relatório foca-se em seis áreas prioritárias:

 

  1. A participação de todos os líderes políticos na responsabilização, supervisão e criação de um debate a nível nacional em torno das DNTs e saúde mental.
  2. Os Governos devem também identificar e implementar um conjunto específico de prioridades dentro da agenda global das DNTs e saúde mental, tendo por base as necessidades de saúde pública.
  3. Os Governos devem direccionar os sistemas de saúde para a inclusão, promoção da saúde, prevenção e controlo das DNTs e serviços de saúde mental nas suas políticas no Plano Nacional de Saúde, de acordo com os contextos e necessidades nacionais.
  4. Os Governos devem melhorar a regulamentação efectiva, o envolvimento com o sector privado, as universidades, a sociedade civil e as comunidades, construindo uma abordagem transversal a toda a sociedade.
  5. Os Governos e a comunidade internacional devem desenvolver um novo paradigma económico para o financiamento das acções sobre DNTs e saúde mental.
  6. Os Governos devem reforçar a consciencialização e responsabilização dos seus cidadãos na acção contra as DNTs.

 

Esta Comissão foi criada pelo Director-Geral da OMS, Dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, para identificar formas inovadoras para reduzir o impacto das causas principais de morte no mundo e aumentar a expectativa de vida de milhões de pessoas.

 

O relatório destina-se a apoiar os esforços políticos em curso para acelerar a acção sobre as doenças cardiovasculares, cancro, diabetes e doenças respiratórias, bem como, reduzir o sofrimento causado por problemas de saúde mental.

 

As Doenças Não Transmissíveis matam cerca de 15 milhões de pessoas anualmente. Os países com rendimentos mais baixos são os mais afectados por este flagelo com quase 50% de mortes prematuras nesses países. Os Enfermeiros dão um contributo crucial na luta contra as Doenças Não Transmissíveis. Os Enfermeiros, sendo o maior grupo de profissionais de saúde, são os principais actores na prevenção, tratamento e gestão das DNTs pois estão bem posicionados para detectar, tratar e consultar os pacientes com DNTs, bem como para fornecer informações, educação e aconselhamento ao público sobre a prevenção de DNTs.

 

Mais informações sobre o relatório da OMS no seguinte link.

Fonte : Ordem dos Enfermeiros

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo