Faltam 21 Enfermeiros na Urgência do Hospital do Litoral Alentejano

0 153

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A Ordem dos Enfermeiros escreveu ao Ministro da Saúde a denunciar a grave carência de Enfermeiros no Serviço de Urgência da Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, onde há 21 profissionais em falta.

“Onde deveria existir uma equipa de 63 Enfermeiros, 37 para o Serviço de Urgência e 26 para o Serviço de Observação, existe apenas uma equipa de 47 Enfermeiros, sendo que nestes 47 se verifica a existência de 4 ausências prolongadas e 1 Enfermeiro a chefiar. Assim, a equipa é de 42 Enfermeiros e uma carência efectiva de 21 Enfermeiros”, explica a Bastonária no ofício remetido ao ministro, sublinhando que “não é possível garantir a segurança na prestação de cuidados com este número de Enfermeiros na equipa”. Feitas as contas, a equipa de Enfermagem está a trabalhar “apenas a 67% da sua capacidade”.

A Ordem dos Enfermeiros recorda ainda que acresce a esta situação “uma ausência de estratégia e organização no que se refere à recorrente necessidade de transporte de doentes críticos ou outros”. Para a OE, a situação actual no Litoral Alentejano “ultrapassa todos os limites da razoabilidade e segurança das pessoas e profissionais”.

Fonte : Ordem dos Enfermeiros

Este post foi útil?

Clique numa estrela para o avaliar!!

Classificação média / 5. Contagem de votos:

Como achaste este post útil...

Segue-nos nas redes sociais!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo