Máscaras ou óculos, países preparam os seus arsenais contra COVID-19

0 27

Máscaras, luvas, óculos, desinfetantes e roupas de proteção: cada país prepara O seu arsenal para resistir à epidemia do COVID-19, enquanto os consumidores entram em pânico.

Na Indonésia, a polícia apreendeu cerca de 600.000 máscaras num armazém localizado na região de Jacarta, numa época em que o anúncio, na segunda-feira, dos dois primeiros casos de contaminação no arquipélago causou uma demanda por elas.

“Os preços das máscaras dispararam e já há escassez, provavelmente porque os especuladores estão a tentar ganhar dinheiro à custa das pessoas”, disse Yisri Yunus, porta-voz da polícia de Jacarta.

Pelo menos 500 pessoas fizeram fila esta quarta-feira à frente de um supermercado de Seul tentando obter o precioso equipamento médico que se tornou escasso, a ponto de o presidente sul-coreano Moon Jae-in desculpar-se pela escassez.

A Coreia do Sul, o país mais afetado pela epidemia depois da China, produz 10 milhões de máscaras por dia para uma população de cerca de 50 milhões de pessoas.

O governo requisitou metade da produção para distribuir em correios, farmácias e numa cooperativa agrícola que as vende a um preço fixo, com um limite de cinco unidades por pessoa.

Noe entanto, o país asiático não é o único ameaçado pela escassez.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou na terça-feira sobre o “esgotamento rápido” dos estoques de equipamentos de proteção. O seu diretor, Tedros Adhanom Ghebreyesus, pediu para aumentar a produção em 40%.

Máscaras em vez de cobertores

A OMS estima que serão necessários 89 milhões de máscaras médicas por mês em todo o mundo, além de 76 milhões de pares de luvas e 1,6 milhão de lentes de proteção.

O diretor-geral da organização disse que “a OMS enviou quase meio milhão de equipamentos de proteção individual para 27 países, mas os estoques são rapidamente esgotados” pela “crescente demanda, acumulação e uso indevido” desses produtos.

Ler  Trabalhadores dos hospitais EPE em greve nacional por 24 horas

“Não poderemos conter o COVID-19 se não protegermos a nossa equipa médica”, alertou.

Na China, onde a epidemia surgiu em dezembro passado e já causou 2.981 mortes, a falta de equipamento de proteção inicialmente causou a contaminação de milhares de médicos e enfermeiros e pelo menos uma dúzia de mortes entre eles.

O país converteu fábricas de cobertores, fraldas e até telemóveis, para a fabricação de máscaras ou macacões de proteção.

Em França, o presidente Emmanuel Macron anunciou na terça-feira que o Estado exige que “todos os stocks e a produção de máscaras protetoras” sejam fornecidos ao pessoal médico e às pessoas afetadas pelo novo coronavírus.

Mais de 8.000 máscaras foram roubadas em hospitais parisienses e 2.000 em Marselha. Enquanto isso, a Alemanha e a Rússia proibiram a exportação de equipamentos médicos de proteção na quarta-feira.

Itália, que não as produz, receberá 800 mil máscaras da África do Sul em alguns dias, mas precisa de pelo menos dez milhões a mais para enfrentar a epidemia, segundo Luigi D’Angelo, chefe do Serviço de Emergência de Proteção Civil.

Os hospitais tinham reservas, mas a expansão da epidemia colocou todo o sistema sob pressão, disse à AFP.

Na China, um alto funcionário do Ministério da Indústria disse quarta-feira que as fábricas também são incentivadas a produzir para exportação, uma vez que a manufatura já excede as necessidades de Hubei (centro), o epicentro da epidemia.

Acompanhe todas as atualizações sobre o COVID-19, em Portugal e no mundo aqui.

Veja em baixo o mapa interativo com os casos de coronavírus confirmados até agora

Se não conseguir ver o mapa desenvolvido pela Universidade Johns Hopkins, siga para este link.

Fonte: Lifestyle Sapo

Looks like you have blocked notifications!
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades e analisar o nosso tráfego. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. Aceitar Ler mais

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
error: Alert: Content is protected !!
Partilha isto com um amigo