Atualidade

Luz Saúde pede admissão em bolsa e avança com aumento de capital de 100 milhões de euros

A Luz Saúde, que opera uma rede de unidades de saúde, anunciou a intenção de pedir admissão à Euronext Lisboa e prevê realizar um aumento de capital de 100 milhões de euros, segundo um comunicado do seu acionista, Fidelidade.

Esta intenção, “na sequência de decisão do seu acionista maioritário Fidelidade”, passa por “pedir a admissão à negociação das ações representativas do seu capital social na bolsa de valores Euronext Lisboa, no quadro da realização de uma projetada oferta pública de venda”.

Segundo o grupo, a concretizar-se, “esta operação cria melhores condições para a continuada expansão e crescimento da empresa no setor da saúde”.

Além disso, “em paralelo com a prevista oferta pública de venda, a Luz Saúde prevê realizar um aumento de capital de, aproximadamente, 100 milhões de euros, através da emissão de novas ações destinadas a investidores institucionais, tanto nacionais como internacionais”, indicou, uma operação para “apoiar o crescimento de longo prazo da Luz Saúde, mantendo, assim, uma estrutura de capital mais robusta”.

Após esta oferta, “a Fidelidade pretende manter a maioria do capital social da Luz Saúde”, lê-se, na mesma nota.

No comunicado, a empresa disse que espera que “a oferta pública de venda de ações seja realizada através da colocação privada, tanto em Portugal como no estrangeiro, incluindo nos Estados Unidos, dirigida a determinados investidores institucionais qualificados (QIB)”, sendo que a “admissão das ações à negociação na Euronext Lisboa estará sujeita à aprovação de um prospeto pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM)”.

O grupo assegurou ainda que tem conseguido “um forte crescimento histórico” e “uma melhoria significativa na sua rentabilidade”, destacando que “em 2022 e 2023 alcançou um crescimento de receitas de dois dígitos (10% e 12%, respetivamente)”, devido ao “crescimento sustentado do nível de atividade em todas as unidades”, bem como à “continuação de medidas de eficiência de custos e alavancagem operacional”.

“Esta potencial transação é um elemento-chave na estratégia do grupo Fidelidade e da Luz Saúde”, disse Rogério Campos Henriques, presidente executivo da Fidelidade, citado na mesma nota.

Para o gestor, esta operação representa “mais um passo no plano de otimização de capital da Fidelidade, que passará a dispor de indicadores de solvência ainda mais robustos”, permitindo “continuar a beneficiar dos efeitos de diversificação, através de uma participação maioritária na Luz Saúde”.

“Como acionista maioritário, a Fidelidade mantém um compromisso firme com o sucesso contínuo da Luz Saúde”, rematou.

A Luz Saúde opera 29 unidades, incluindo hospitais, clínicas ambulatórias e uma residência sénior, segundo os dados divulgados pelo grupo, que garante que a empresa “chega a 75% da população portuguesa”.

Conta com “uma equipa composta por 4.876 médicos, 2.587 enfermeiros, 1.308 técnicos e 1.126 camas”, sendo que, no ano passado, “os seus 14 hospitais atenderam mais de 1,1 milhões de pacientes e geraram 92,6% das receitas da empresa”.

Segundo o comunicado, “as 14 clínicas ambulatórias serviram cerca de 246 mil pacientes externos e contribuíram com 6,1% para as receitas anuais. A rede inclui também uma residência sénior, responsável por 0,9% das receitas”, referiu.

LUSA/HN

Outros artigos com interesse:

Source link

Looks like you have blocked notifications!

Segue as Notícias da Comunidade PortalEnf e fica atualizado.(clica aqui)

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Keuntungan Bermain Di Situs Judi Bola Terpercaya Resmi slot server jepang