Interações perigosas entre chás, plantas, alimentos e medicamentos

0 62

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Muitos alimentos, ingeridos em excesso cortam ou potenciam o efeito de medicamentos. Porque nem tudo o que é natural é inócuo – afinal, veneno de cobra também é um produto da natureza. Conheça algumas combinações a evitar
Combinações a evitar
CANCRO

Açafrão-da-índia, açaí, alcaçuz, aloe, bagas de goji, cardo mariano, chá preto, chá verde, dente-de-leão, equinácea, hipericão, mangostão, noni, e pau d’arco – Podem alterar o efeito terapêutico dos anticancerígenos por potenciar a toxicidade ou diminuir a eficácia.

Aipo, alcachofra, bétula, boldo, cáscara sagrada, cavalinha, dente-de-leão, ruibarbo, sene, urtiga, uva-ursina – Estas plantas, por terem atividade laxante e/ou diurética, podem diminuir a absorção da medicação ou aumentar a sua eliminação do organismo, diminuindo o efeito terapêutico.

HIPERTENSÃO

Bagas de goji e alho, em grandes quantidades ou em suplementos – Podem alterar o efeito dos anti-hipertensores.

Ginkgo, oliveira e pirliteiro – Podem diminuir demasiado a pressão, provocando hipotensão.

Alcaçuz, beringela, chá preto, chá verde e ginseng – Podem provocar um aumento de pressão arterial, contrariando o efeito dosmedicamentos.

DIABETES

Açafrão-da-índia, aloe, bagas de goji, bardana, canela, gengibre, ginseng, goma de guar, mirtilos, noni, psílio, sabugueiro, e sementes de linhaça  -Podem aumentar os efeitos dos antidiabéticos e insulina, resultando em hipoglicemia.

DOENÇAS TROMBOEMBÓLICAS

Açafrão, alfalfa, alho, aloe, angélica, bagas de goji, camomila, cardo mariano, castanheiro-da-índia, clorela, gengibre, ginkgo, palmeto e pirliteiro – Interagem com os anticoagulantes e podem aumentar o risco de hemorragias.

Chá preto, chá verde, hipericão, noni e urtiga – Podem diminuir a eficácia dos anticoagulantes, aumentando o risco de AVC e enfarte.

DEPRESSÃO

Açafrão-da-índia, alcaçuz, camomila, cardo mariano, centelha asiática, dente-de-leão, erva-cidreira, erva-de-gato, ginkgo, hipericão, lavanda, mangostão, passiflora, tília e valeriana – Podem alterar o efeito de ansiolíticos e antidepressivos fármacos.

CONTRACEÇÃO

Amieiro negro, anho-casto, cáscara sagrada, clorela, dente-de-leão, hipericão, sene, trevo vermelho – Podem diminuir a eficácia da pílula.

Situações pontuais

ANALGÉSICOS E ANTI-INFLAMATÓRIOS

Alho, açafrão-da-índia, alcaçuz, angélica, camomila, cardo mariano, harpagófito, lavanda, mangostão, noni, palmeto, trevo vermelho – Aumenta a toxicidade e o risco de hemorragias e nódoas negras.

ANTIBIÓTICOS

Açafrão-da-índia, alcaçuz, alecrim, alho, ananás, dente-de-leão, equinácea, funcho, noni, toranja – Pode diminuir a eficácia e segurança do medicamento.
Fonte: visão

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo