Deputados do PSD questionam Governo sobre carência de enfermeiros na ULS da Guarda

0 5

Os deputados do PSD eleitos pela Guarda questionaram esta quarta-feira o Governo sobre a carência de enfermeiros na Unidade Local de Saúde, onde, segundo o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, é necessária a contratação de mais 65 profissionais.

No requerimento enviado ao ministro da Saúde através da Assembleia da República, os deputados social-democratas referem que “são consabidas as dificuldades muitas vezes existentes no recrutamento de recursos humanos especializados para as unidades prestadoras de cuidados saúde do Serviço Nacional de Saúde (SNS) localizadas no interior do país, de que a Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda não deixa de constituir um exemplo”.

Os deputados apontam que entre 2013 e 2014 se verificou, em relação ao pessoal de enfermagem, “um recrutamento de mais 60 profissionais, o que correspondeu a uma variação positiva de 10,8%”, mas referem que continuam a faltar enfermeiros naquela unidade de saúde, que abrange dois hospitais (Guarda e Seia) e 13 centros de saúde do distrito (exceto o de Aguiar da Beira).

“Sabemos continuar a verificar-se alguma escassez desses profissionais na ULS da Guarda, como ainda recentemente também o referiu o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses, que terá sustentado a necessidade de contratação de mais 65 profissionais para aquela unidade do SNS, a fim de melhorar a prestação de cuidados de saúde à população do distrito da Guarda”, sustentam.

No requerimento, os deputados do PSD Ângela Guerra, Carlos Peixoto e Miguel Santos indicam que importa assegurar a abertura dos concursos e a disponibilização das vagas e perguntam como e quando tenciona a tutela avançar com as contratações.

“Quais são as carências de profissionais de saúde que atualmente se verificam na ULS da Guarda, em especial no que se refere a pessoal de enfermagem?” é outra das perguntas.

No documento hoje entregue, os três eleitos do PSD interrogam também se o Governo considera que a necessidade de contratação de mais recursos não será prejudicada pela redução das dotações orçamentais que se registam este ano para pessoal na ULS da Guarda.

Fonte: http://beira.pt/

Gostar
Seguir
google
Loading...
Assina a Newsletter

Ao assinares a Newsletter vais receber no teu mail as notícias e novidades da PortalEnf

Não fazemos Spam e respeitamos a tua privacidade
Assina a Newsletter
close-link
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo