Atualidade

OMS recomenda 14 dias de isolamento e reitera importância de vacinar 70% da população mundial

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reiterou a importância de vacinar 70% da população mundial o mais rápido possível , a fim de evitar que se desenvolvam novas variantes da Covid-19, e insistiu que a quarentena deve ser de 14 dias.

A informação foi expressa pelo epidemiologista da organização, Abdi Mahamud, em conferência de imprensa esta terça-feira em Genebra (Suíça).

O responsável detalhou que, na maioria das pessoas, o vírus desaparece entre cinco e sete dias após o aparecimento dos primeiros sintomas e dependendo da situação imunológica.

Por isso, a OMS recomenda manter a quarentena pelo período de 14 dias, embora entenda que em alguns países, como em Portugal e Espanha, o isolamento tenha sido reduzido para uma semana.

“Os países devem tomar decisões sobre a duração da quarentena com base na sua situação individual. É lógico manter o número de casos o mais baixo possível em locais de baixa incidência”, disse.

Contudo, acrescentou, “em locais onde há muitos casos há interesses que entram em conflito, como querer manter os países a funcionar, o que pode justificar mais quarentenas”.

Recorde-se que em Portugal, o período de isolamento para as pessoas assintomáticas que testam positivo ao SARS-CoV-2 e têm doença ligeira passa a partir de hoje a ser de sete dias, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). As normas atualizadas pela DGS também reduzem para sete dias o isolamento dos contactos de alto risco.

Quanto à vacinação, o especialista explicou que antes das festas de Natal, cerca de 128 países tinham notificado casos da Ómicron e destacou que ainda não têm dados suficientes “para dizer que o Ómicron é mais brando do que outras variantes do coronavírus”.

Nesse sentido, Mahamud sublinhou que a vacinação é fundamental para lidar com o vírus. Vários estudos mostram que a Ómicron afeta principalmente o trato respiratório superior, o que causa sintomas mais ligeiros, em comparação com outras variantes que afetam os pulmões.

“O desafio é a vacinação das populações mais vulneráveis. O vírus multiplica-se em ambientes lotados, não ventilados e não vacinados. Esses são os locais ideais para a mutação Covid-19. Já vimos isso acontecer com a Beta, com a Delta e agora com a Ómicron”, afirmou.

Em relação à coinfecção com fluron, o especialista descartou a possibilidade de se tornar um novo vírus, uma vez que “são dois vírus diferentes que usam recetores diferentes para atacar o corpo”.

if (document.getElementById(id)) return; js = document.createElement('script'); js.id = id; js.src = "//connect.facebook.net/pt_PT/sdk.js#xfbml=1&appId=1101077133434225&version=v2.0"; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);

window.fbAsyncInit = function () { FB.init({ appId: '1101077133434225', xfbml: true, version: 'v2.0' }); FB.Event.subscribe('comment.create', function (comment_data) { console.log(comment_data); update_comments_count(); }); FB.Event.subscribe('comment.remove', function (comment_data) { update_comments_count(); });

function update_comments_count(comment_data, comment_action) { jQuery.ajax({ type: 'GET', dataType: 'json', url: 'https://multinews.sapo.pt/wp-admin/admin-ajax.php', data: { action: 'clear_better_facebook_comments', post_id: '277382' }, success: function (data) { // todo sync comments count here! data have the counts }, error: function (i, b) { // todo } } ) }; };

appendFbScript(); }

appendFbScript();

})();


Source link

Looks like you have blocked notifications!

Comenta no Facebook

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo
error: Alert: Content is protected !!
Partilha isto com um amigo
pasaran togel