Contratação de enfermeiros sim, mas rápida – defende a OE perante anúncio do Ministro da Saúde

0 15

«A contratação de 1.500 a 1.700 colegas é positiva e vai ao encontro do que temos defendido: a aplicação das 35 horas semanais para todos os enfermeiros a exercer no Serviço Nacional de Saúde. Mas seria muito importante que o processo de recrutamento fosse rápido, pois os colegas no terreno estão exaustos». É desta forma que Luís Barreira reage ao anúncio formulado esta manhã por Adalberto Campos Fernandes, na Comissão Parlamentar de Saúde (ver notícia aqui).

Segundo o Vice-presidente do Conselho Diretivo da Ordem dos Enfermeiros (OE), os concursos para contratação de enfermeiros têm demorado cerca de dois e três anos, o que não responde «às necessidades dos utentes e põe em causa a sua segurança». Desta vez, e até considerando que o regime de 35 horas deve ser implementado no segundo semestre de 2016, «esperamos que se possam alocar rapidamente estes colegas aos serviços».

Mais: «as regras e metodologias aplicadas a estes processos contratuais devem ser simplificadas, além de se criar vários júris a nível nacional», acrescenta Graça Silveira Machado, também Vice-presidente do Conselho Diretivo da OE.

Luís Barreira valoriza ainda o concurso recentemente aberto pela Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda, mas reitera que em vez de 40 horas semanais, os novos contratos tenham a prevista redução de horário. «A questão das 35 horas é algo que não vamos abdicar de defender para todos os enfermeiros».

Por último, com estas medidas torna-se inequívoca a influência do trabalho político desenvolvido nos últimos dois meses pela Ordem no sentido de alertar para a grave falta de enfermeiros.

Fonte: Ordem dos Enfermeiros

 

Gostar
Seguir
google
Loading...
Ajuda a tua Comunidade PortalEnf

Com um pequeno donativo estarás a ajudar a tua Comunidade a permanecer Online.

Aproveita e segue-nos nas redes sociais
Dá o teu Contributo!
close-link
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo