Bastonária intervém no desconto de salários dos Enfermeiros em Guimarães

0 1.481

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Referente ao desconto de dias de vencimento a Enfermeiros no Hospital de Guimarães, a Bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Ana Rita Cavaco, enviou ao Senhor Ministro da Saúde, Dr. Adalberto Campos Fernandes, um E-mail onde reporta a situação.

Lê aqui o E-mail em questão:

“Exmo. Sr. Ministro da Saúde, Dr. Adalberto Campos Fernandes

Como é do seu conhecimento e por indicações de V. Exa. enquanto tutela da área da saúde, o Conselho de Administração do Hospital de Guimarães procedeu, este mês, ao desconto de 14 dias de vencimento a 17 enfermeiros do serviço de obstetrícia e bloco de partos. Estes enfermeiros, que note-se, estiveram todos estes dias a trabalhar, estão a ser tratados de uma forma imoral, ilegal e ilegítima, citando as próprias palavras de V. Exa.

A Ordem dos Enfermeiros não discutirá questões legais, sobre este assunto, com V. Exa., para isso existe a justiça onde esta Ordem Profissional está a agir por ter um entendimento jurídico diferente de V. Exa.

Escrevo-lhe para lhe dizer que a forma como este hospital está a intimidar, coagir e a ameaçar os enfermeiros, coloca em risco a vida das pessoas alvo dos seus cuidados.

O desgaste físico e emocional acrescido a que eles estão a ser sujeitos é inqualificável.

Ontem e hoje mesmo, três dos enfermeiros desta equipa apresentaram baixa médica em consequência disto.

V. Exa. diz, diversas vezes, em reuniões que pretende ser recordado como uma pessoa que fez o correcto à frente da pasta da saúde.

Não sabemos como o vão recordar Sr. Ministro, apenas como esta Ordem Profissional gostaria de o recordar no futuro, como alguém que teve sentido de Estado, sensibilidade e bom senso suficiente para, tal como os enfermeiros fazem todos os dias, defender e proteger a vida de todos nós.

Desde o ano passado, comprovado com diversos relatórios técnicos, que pedimos a substituição deste Conselho de Administração.

Os enfermeiros, Sr. Ministro, também têm filhos para dar de comer e contas para pagar. A vida deles não pode estar dependente da prepotência deste ou de outros Conselhos de Administração, ou de quem quer que seja.

Eles têm, todos os dias, a vida de outros nas mãos, cuidam dela o melhor que podem, sem condições para cumprir essa missão. V. Exa. bem sabe que os serviços do SNS não cumprem as dotações seguras do número de enfermeiros, e também sabe que isso, de acordo com os últimos estudos internacionais, aumenta a taxa de mortalidade, a taxa de reinternamentos, a taxa de infecções e o aumento do risco de acidentes de serviço.

Por tudo isto, apelo mais uma vez, à sua intervenção. Estamos, como sempre, disponíveis para, em conjunto, encontrar a melhor solução.

Creia-me com a mais elevada estima e consideração.”

De recordar que um grupo de 17 enfermeiros parteiros do Hospital de Guimarães foi alvo de cortes no salário por terem aderido ao protesto de zelo às funções diferenciadas a grávidas e recém-nascidos organizado pelo Movimento dos Enfermeiros Especialistas em Saúde Materna e Obstetrícia (EESMO).

A administração só pagou cerca de metade do vencimento por entender que durante 14 dias os visados faltaram injustificadamente ao serviço. No caso, estavam a trabalhar no hospital mas somente prestando cuidados gerais de enfermagem. (Ver Notícia aqui)

[ratemypost] [ratemypost-result]

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

O melhor da PortalEnf...

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

O melhor da PortalEnf...

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Partilha isto com um amigo