Catalepsia: entenda os sintomas da doença que enterrou milhares de pessoas vivas no passado

0 1.725

Catalepsia patológica é um distúrbio neurológico em que a pessoa permanece com os músculos enrijecidos como uma estátua.

Nessa condição a pessoa pode, inclusive, ser confundida com um cadáver, devido a semelhança com o rigor mortis.

rigor mortis, a saber, é causado por uma mudança química que acontece nos músculos depois de certo tempo que a pessoa morre, que causa um enrijecimento total, principalmente dos braços e pernas.

O QUE É CATALEPSIA: DEFINIÇÃO

A catalepsia é uma condição nervosa caracterizada por rigidez muscular e fixação da postura, independentemente dos estímulos externos.

Pessoas com essa condição podem, ao mesmo tempo, ser menos sensíveis ao toque e ter uma sensibilidade diminuída à dor.

Além disso, durante uma crise, a pessoa não responde à fala e não consegue se movimentar.

Apesar disso, todas as suas funções vitais permanecerem funcionando embora estejam reduzidas.

Ao mesmo tempo, de acordo com publicação do Science Direct [1], em crise, os músculos do cataléptico podem ser movidos para qualquer direção que continuam assim até que o surto passe  o mantém os membros em qualquer posição em que são colocados.

Isso quer dizer que o corpo tem aspecto de boneco de cera, se o braço da pessoa for direcionado para cima ela permanecerá assim até que o doente se recupere do distúrbio.

Uma crise não tem hora para terminar, pode durar alguns minutos, vários dias ou até semanas e suas causas são as mais variadas possíveis.

O mais intrigante é que, apesar da pessoa em surto estar totalmente vulnerável, ela consegue perceber, ouvir, raciocinar e entender tudo que se passa a sua volta.

Contudo, é impossível para o cataléptico reagir fisicamente, apesar dos estímulos.

CAUSAS DA CATALEPSIA

Catalepsia é um sintoma de distúrbios neurológicos, como a doença de Parkinson e epilepsia.

A retirada de algumas drogas, particularmente a cocaína, também podem causar catalepsia.

Ao mesmo tempo, medicamentos antipsicóticos também podem causar essa condição.

Afinal, a catalepsia é um dos muitos efeitos colaterais possíveis em pessoas com pré-disposição a esquizofrenia, que fazem uso de antipsicóticos

Muito raramente emoções externas podem causar catalepsia.

Alguns especialistas acreditam, portanto, que o cataléptico possui uma predisposição genética.

Ao mesmo tempo, pode haver uma combinação com problemas neurológicos graves como histeria, debilidade mental, depressão e outros.

SINTOMAS DE CATALEPSIA

  • Postura corporal extremamente rígida
  • Diminuição da sensibilidade à dor
  • Membros que permanecem na mesma posição quando são movidos
  • Funções corporais mais lentas, particularmente respiração
  • Diminuição do controle muscular ou perda completa do controle muscular
  • E, por fim, nenhuma resposta a estímulos

TRATAMENTO PARA CATALEPSIA

O tratamento geralmente se concentra em melhorar as causas neurológicas causadoras do distúrbio.

Publicidade

Os relaxantes musculares, contudo, podem ser eficazes para algumas pessoas com catalepsia.

Ao mesmo tempo, quando a doença é causada pela retirada da droga as pessoas, geralmente, voltam ao normal após alguns dias ou semanas.

No entanto, os médicos devem monitorá-los cuidadosamente em busca de sinais de condições de risco de vida.

Mas, quando a crise é causada por choque, emoção extrema ou trauma, ela geralmente desaparece sozinha.

Contudo, se persistir por um período prolongado de tempo, os medicamentos antipsicóticos em conjunto com a psicoterapia podem ajudar a diminuir a causa.

catalepsia

A catalepsia (não confundir com a cataplexia) é um estado de rigidez muscular descontrolada. Além de falta de resposta que está frequentemente associada a episódios de catatonia.

O QUE É CATALEPSIA DO SONO?

A catalepsia patológica é uma doença rara, que, como explicado acima a pessoa tem rigidez muscular extrema e não responde a estímulos.

Contudo, a catalepsia projetiva, também conhecida como catalepsia do sono ou paralisia do sono, é uma condição por uma paralisia temporária do corpo imediatamente após o despertar ou, com menos frequência, imediatamente antes de adormecer.

Neste caso é um fenômeno natural e benigno e não é, de forma alguma, uma patologia e todos podem sofrer uma paralisia do sono temporária.

CATALEPSIA NA ANTIGUIDADE

Na antiguidade, a catalepsia não era bem compreendida pela medicina e muitos catalépticos foram enterrados vivos, pela crença de que eles estavam mortos.

Naquela época, obviamente, os equipamentos que permitiam sondar os sinais vitais eram bem grosseiros e por isso era comum que o doente fosse velado e enterrado vivo.

Quando despertavam dos surtos, então, muitos morriam sufocados em suas próprias covas.

Ao mesmo tempo, outros conseguiam se debater e sobreviver e assombravam a população com sua “presença fantasma”.

CONCLUSÃO

A catalepsia é uma condição caracterizada por inatividade, diminuição da resposta a estímulos e, ao mesmo tempo, postura imóvel.

Os membros tendem a continuar em qualquer posição em que são colocados (flexibilidade cerosa).

Essa condição pode estar associada a transtornos psicóticos, toxicidade de drogas no sistema nervoso e outras condições.

ARTIGO MÉDICO-CIENTÍFICO: SCIENCE DIRECT [1]

Fonte: https://diariodebiologia.com/2019/03/catalepsia/

5/5 (1 Review)
O melhor da PortalEnf...

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Se gostaste deste Post
Assina a nossa Newsletter

Experimente, você pode cancelar a inscrição a qualquer momento.
close-link

Partilha isto com um amigo